Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Eleições 2022: TSE antecipa horário de divulgação dos resultados

População vai poder começar a conferir a contagem para todos os cargos que vão ser votados a partir das 17h


Por Tribuna

03/08/2022 às 21h03

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai antecipar a divulgação dos resultados das eleições 2022. A partir das 17h, no horário de Brasília, a população já vai poder começar a conferir a contagem para todos os cargos que vão ser votados, incluindo para presidente da República.

O conteúdo continua após o anúncio

Nos últimos pleitos, a divulgação acontecia às 19h, quando todos os estados brasileiros já tinham acabado de votar. Isso acontecia por conta do fuso horário diferente de alguns estados, como o Acre e o Amazonas. Os resultados das votações, incluindo os votos em branco, os nulos e as abstenções das eleições 2022, serão divulgados na abrangência estadual e distrital. Eles também vão ser igualmente divulgados na abrangência nacional.

Com a nova definição, os estados com fuso horário diferente do de Brasília terão o horário do início e do término da votação adiantados. No caso do Acre, com duas horas a menos que o horário de Brasília, a votação começa às 6h e termina às 15h. Já no Amazonas, Rondônia, Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e parte do Pará, o pleito começa às 7h e se encerra às 16h. Em Minas Gerais, assim como no restante da Região Sudeste, as eleições vão acontecer no horário tradicional, das 8h às 17h.

Tópicos: eleições 2022

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia