Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Vereador sugere isenção de ISS para afetados por pandemia

Proposta é de Cido Reis, que também pede isenção de taxa de inscrição em concursos públicos municipais para doadores de medula


Por Renato Salles

03/05/2021 às 17h41

O vereador Cido Reis (PSB) defende a isenção do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) a todos os profissionais e empresas que ficaram impedidos de prestar serviço durante a decretação de emergência para o enfrentamento à pandemia da Covid-19 em Juiz de Fora.

O texto da proposição, todavia, é bastante simples. No artigo primeiro, define a isenção de forma genérica àqueles impedidos de prestar serviços durante a “decretação de emergência no âmbito do município”.

Já o segundo artigo proposto diz que a determinação poderá ser regulamentada pela Prefeitura. Por fim, o terceiro artigo diz que as despesas com a execução desta lei correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, podendo ser suplementadas, se necessário.

O conteúdo continua após o anúncio

Segundo o vereador Cido Reis, o projeto visa a minimizar os impactos financeiros decorrentes de fechamentos adotados para o combate à pandemia. “Muitos profissionais e empresas estão impedidos de prestar serviços e auferir renda e, com isso, (estão) sem condições de pagar os impostos que sobre eles incidem”, considera o parlamentar.

A proposta iniciou tramitação na semana passada. No mesmo período, o vereador Cido Reis apresentou outro projeto de lei que pede a isenção da taxa de inscrição em concursos públicos municipais para doadores de medula óssea cadastrados no Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea (Redome).

Uma vez mais, conforme o parlamentar, a proposição visa a “incentivar o cadastramento de doadores de medula óssea e valorizar o gesto nobre de quem toma iniciativa para ajudar outrem a permanecer vivo”.

Os dois projetos apresentados por Cido Reis ainda iniciam tramitação na Casa, devendo ser avaliados pelas comissões permanentes do Poder Legislativo antes de serem debatidos e votados em plenário pelo conjunto de 19 vereadores.

Tópicos: coronavírus

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia