Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / polícia / eleições 2020 / bolsonaro

Câmara aprova requerimento pedindo o desligamento de JF do Minas Consciente

Diante do número crescente de casos, parlamentares defendem elaboração de um protocolo próprio

Por Paulo Cesar Magella

02/07/2020 às 18h47 - Atualizada 02/07/2020 às 19h52

Por iniciativa do vereador José Márcio Garotinho, a Câmara aprovou, em reunião virtual na noite desta quinta-feira, um requerimento pedindo o desligamento de Juiz de Fora do programa Minas Consciente do Governo estadual e que seja elaborado um protocolo próprio, com a participação de técnicos locais e voltados para as especificidades da cidade.

O conteúdo continua após o anúncio

Na exposição de motivos, o vereador destacou que quando aderiu ao programa, a intenção seria, através de um planejamento unificado, uniformizar as ações e garantir o controle da pandemia com a retomada controlada do setor econômico. “Todavia, não é esta realidade que temos vivenciado. O número de casos em Juiz de Fora dispara a cada dia. Já atingimos, até a presente data, a lamentável marca de 57 mortes confirmadas e aproximadamente dois mil casos de infectados pelo vírus”, destacou.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia