Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Governo de Minas já articula vacinação para público entre 12 e 17 anos

Estado avança para compra de 428 mil doses de Sputnik e aguarda PNI para imunizar adolescentes


Por Renato Salles

15/07/2021 às 14h52- Atualizada 16/07/2021 às 18h13

Romeu Zema em visita ao Sport Club Juiz de Fora, um dos locais de vacinação da cidade (Foto: Renato Salles)

O governador Romeu Zema (Novo) afirmou, em Juiz de Fora, nesta quinta-feira (15), que o Governo de Minas Gerais requisitou ao Ministério da Saúde autorização para incluir pessoas com idades entre 12 e 17 anos na campanha de vacinação contra a Covid-19 no estado, “tão logo o público acima de 18 anos tenha o processo de imunização feito”. A informação foi antecipada à Tribuna durante almoço do governador com jornalistas, no início da tarde.

Além disso, Zema também afirma ter requerido à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização para a compra de imunizantes para este grupo. “Mesmo que o Ministério da Saúde não concorde (com a solicitação), o Estado de Minas já solicitou autorização à Anvisa para adquirir vacinas e estar imunizando esse público. Então, tudo indica que nós vamos sim levar essa imunização para pessoas acima de 12 anos.” Veja o vídeo:

No início da tarde, o governador acompanhou o processo de vacinação contra a Covid-19 no ginásio do Sport Club Juiz de Fora, em sua primeira agenda oficial na cidade. No local, o governador foi acompanhado pela prefeita Margarida Salomão (PT) e outros integrantes do Governo municipal, como os secretários de Saúde, Ana Pimentel, e de Comunicação Pública, Márcio Guerra. O deputado estadual Noraldino Júnior (PSC) e o vereador Marlon Siqueira (PP) também estiveram presentes durante a passagem do governador pelo Sport. Ainda integraram a comitiva do governador os secretários estaduais de Saúde, Fábio Bacheretti, e de Desenvolvimento Social, Elizabeth Jucá.

Também estiveram presentes representantes da Superintendência Regional de Saúde de Juiz de Fora. Em conversa com a Tribuna, o superintendente regional de Saúde, Gilson Soares, afirmou que a SRS deve receber neste sábado novas doses de vacinas contra a Covid-19. Nesta quinta, a superintendência já recebeu insumos como seringas e agulhas, e o Estado recebeu 379 mil doses da vacina AstraZeneca. 

Importação da Sputnik

Segundo o governador, desde o início da pandemia, o Estado de Minas Gerais vem tentando adquirir vacinas de todos os laboratórios. “Mas todos eles só vendem para entes nacionais. Recentemente, nós tivemos autorização da Anvisa para importar a Sputnik. Estamos negociando o prazo de entrega. Mas nós temos que acompanhar o Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, que prevê vacinação até 18 anos. Vamos conseguir vacinar todos os mineiros nessa idade até o mês de setembro”, detalhou o governador.

Segundo o secretário de estado de Saúde, Fábio Bacherreti, as negociações são para a aquisição de cerca de 428 mil doses, o que atenderia a 1% da população. “Estamos em tratativas finais para entrega no mês de julho. Como adiantamos o calendário para terminar em setembro, não faz sentindo chegar em outro prazo. Em relação à vacinação abaixo dos 18 anos, tivemos uma reunião com o Marcelo Queiroga e o Ministério da Saúde se comprometeu a divulgar, já nas próximas semanas, um calendário para vacinação de adolescentes com comorbidades e, depois, os demais adolescentes, ampliando então o PNI.” O secretário reforçou ainda que o Estado segue estritamente as recomendações do Programa Nacional de Imunizações.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia