Tópicos em alta: dengue / polícia / fé na estrada / reforma da previdência / bolsonaro

Técnico do JF Vôlei lamenta excesso de erros contra Lavras, mas acredita em reviravolta

Locais perderam por 3 a 1 e têm duelo no próximo sábado (16) contra o lanterna da Superliga B, São José Vôlei

Por Bruno Kaehler

11/02/2019 às 18h29- Atualizada 11/02/2019 às 18h31

Serenidade para lidar com a virada sofrida contra Lavras no sábado (9) é o objetivo passado aos jogadores pelo técnico do JF Vôlei, Marcão, que já vislumbra a possibilidade do primeiro triunfo no próximo sábado (16), contra o São José Vôlei, fora de casa. Isto porque, diante do adversário mineiro na UFJF, os locais venceram o primeiro set e chegaram a abrir quatro pontos na reta final do terceiro parcial, mas o excesso de equívocos sacramentou a terceira derrota em três rodadas pela Superliga B, desta vez por 3 a 1 (25/23, 13/25, 26/28 e 17/25).

“Tivemos o controle do jogo em algumas partes, principalmente no primeiro e terceiro sets. Nos outros jogamos muito abaixo, erramos demais. Mas mesmo no primeiro set nos equivocamos bastante. Ali eu já sabia que, se não melhorássemos, sofreríamos o revés. E assim foi na segunda parcial. Não mantivemos o nível. No terceiro recuperamos o controle do jogo, mas no fim, com uma vantagem significativa, de quatro pontos, não conseguimos fechar. E no vôlei você precisa definir, não pode esperar o outro errar. No quarto set tentei mudar algumas coisas, mas não respondemos bem. O 3 a 1 vem amargo porque estávamos evoluindo e com o grande número de erros não conseguimos ter um parâmetro positivo desse jogo”, analisa o comandante do JF Vôlei.

O conteúdo continua após o anúncio
JF Vôlei segue em busca da primeira vitória na Superliga B (Foto: Lucilia Bortone/Sacando o Vôlei)

A esperança do primeiro sucesso na Superliga B vem da Copa Trade, que ocorreu em dezembro do ano passado, quando o JF Vôlei superou o São José por 3 a 0. Com apenas 1 ponto e a 10ª colocação, os juiz-foranos querem subir na tabela após confronto com a equipe de São José dos Campos, lanterna sem pontos. Ainda assim, Marcão joga o favoritismo para o outro lado.

“Vamos enfrentar outra equipe muito boa, que também temos um conhecimento, já enfrentamos e vencemos. Nós temos três derrotas, eles também e todos vão querer vencer para sair dessa situação. Será uma batalha dura. O favoritismo talvez seja deles por estarem jogando em casa com uma equipe um pouco mais experiente, que já passou mais vezes por essa situação. Tivemos um treino pela manhã (segunda) e gostei bastante da postura dos meninos. Uma pena que as vitórias não vieram, mas é ter a cabeça erguida sabendo do nosso potencial e que podemos sair de lá com um triunfo”, explica o treinador.

O duelo contra o São José será em São José dos Campos, às 19h do sábado, válido pela quarta rodada da competição nacional.

Tópicos: jf vôlei

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia