Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

JF Vôlei dá início ao time de base feminino

Equipe sub-14, para meninas nascidas entre 2009 e 2011, é formada por alunas da escolinha e núcleos de iniciação do JF Vôlei


Por Tribuna

03/07/2022 às 07h00

O JF Vôlei, time juiz-forano que já chegou a disputar a Superliga Masculina e foi campeão invicto da Superliga B em 2021, irá oportunizar, agora, também as meninas. Inversamente ao processo feito com os homens, as categorias de base serão as primeiras a serem disponibilizadas, para depois acontecer a montagem do profissional. Os treinos da equipe sub-14, para garotas nascidas em 2009, 2010 e 2011, já tiveram início, às sextas-feiras, das 18h às 19h30, no Centro de Ensino do JF Vôlei, no Bairro Granbery. As meninas interessadas devem agendar uma aula experimental na escolinha.

Meninas em treino no Centro de Ensino do JF Vôlei (Foto: Divulgação JF Vôlei)

De acordo com a treinadora Vitória Campos, dez atletas, vindas da escolinha e dos núcleos de iniciação do projeto em escolas públicas, já treinam pelo JF Vôlei. “Nosso foco é dar esse contato inicial. Já estávamos planejando há algum tempo. As meninas estão bem motivadas com os treinos. Está sendo bem bacana, elas estão marcando presença. É uma marca muito importante. O projeto vai ser desenvolvido com calma. Neste início buscaremos disputar torneios mais internos, contra equipes com nosso mesmo perfil”, define a professora.

O plano de ter um time de base feminino já era antigo, de acordo com Heglison Toledo, diretor do JF Vôlei. “Estávamos aguardando uma melhor estruturação. Não vamos só formar novas jogadores, mas também ter uma equipe competitiva em todas as faixas etárias. É muito importante o início do nosso projeto. É um marco. Damos início a um projeto de formação até chegar ao profissional. Vamos oportunizar as meninas como jogadores e como pessoas para a vida. Quem sabe lá na frente, disputaremos uma Superliga feminina”, projeta Heglison.

Apesar da novidade do projeto feminino de base, a continuidade da equipe masculina profissional está em risco. O JF Vôlei foi campeão da Superliga B em 2021, mas não disputou a elite neste ano por questões financeiras. Além de disputar novamente a segunda divisão em 2022, a equipe caiu para a Superliga C. Em relato à Tribuna, o diretor da equipe, Maurício Bara, admitiu a possibilidade de suspender as atividades em nível profissional e não participar da terceira divisão nacional nesta temporada.

O conteúdo continua após o anúncio

Tópicos: jf vôlei

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia