Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

Procura por presentes de namorados é tímida nas lojas de JF

Apesar da pequena movimentação de consumidores um dia antes da data comemorativa, lojistas apostam em aumento das vendas de até 5%

Por Gracielle Nocelli

11/06/2019 às 19h32

O friozinho e a neblina de terça-feira (11) desanimaram parte dos juiz-foranos de ir às compras pelo Dia dos Namorados, celebrado nesta quarta-feira (12). Na véspera da data, a movimentação nas ruas do Centro ainda era tímida, e as lojas registraram demanda menor do que a esperada. No entanto, a situação não é motivo de desânimo. Além das vendas realizadas de forma antecipada – já que no sábado (8) o comércio funcionou com jornada estendida -, ainda há a tradicional procura dos consumidores no próprio dia da comemoração. Desta forma, a expectativa do comércio é que os resultados superem em até 5% as vendas de 2018.

Entre os apaixonados que enfrentaram o frio e foram às ruas, não houve correria por conta da proximidade com a data. O auxiliar de escritório Wilson Assis, 23 anos, estava pesquisando antes de decidir como presentear a namorada. “Estou visitando as lojas para ter certeza. Quero algo que tenha um significado especial.” Juntos há dois anos, ele conta que os dois criaram o costume de trocar presentes na data. “A ideia é comprar algo que vai agradá-la.”

Na véspera da data, a movimentação nas ruas do Centro ainda era tímida, e as lojas registraram demanda menor do que a esperada (Foto: Olavo Prazeres)

Já a estudante Sara Corrêa, 18, vai comemorar pela primeira vez a data com o namorado. “É um momento para celebrar.” Ainda em dúvida sobre como presenteá-lo, ela disse que para a escolha consideraria questões como a preferência do namorado, o atendimento da loja e o preço do produto. “É um conjunto importante de fatores.”

O conteúdo continua após o anúncio

Compras no cartão

Pesquisa do Sindicato do Comércio de Juiz de Fora mostrou que o tíquete médio das compras deste ano deve ficar entre R$ 70 e R$ 200, e o cartão de crédito deve ser a forma de pagamento mais utilizada pelos consumidores. “O Dia dos Namorados também é aguardado com boas expectativas pelos empresários do comércio do atacado e do varejo”, disse o presidente da entidade, Emerson Beloti. Para atrair os consumidores, o setor realizou preparativos que vão desde a decoração de vitrines e inclusão de produtos específicos, passando por campanhas de divulgação, promoções e sorteios.

A proprietária das lojas Amor Expresso, Gabriela Fernandes, disse que está otimista com as vendas. “Este ano, nós fizemos parceria com novos fornecedores e incluímos produtos diferentes. Acreditamos em resultados melhores do que o ano passado, mas sabemos que a movimentação para a data, tradicionalmente, acontece na última hora.”

As estratégias da loja de roupas GG Modas incluíram decoração de vitrine, divulgação nas redes sociais, uma campanha fotográfica específica para o Dia dos Namorados e um sorteio que oferece prêmio de R$ 200 em compras. “Nós acreditamos que as datas comemorativas são bons momentos para o nosso setor e, por isso, decidimos investir para atrair o público. Nós tivemos uma boa demanda na última semana, mas na véspera da data o movimento está mais devagar. No entanto, acreditamos em bons resultados”, afirma o gerente Fernando Knop.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia