Tópicos em alta: polícia / campeonato mineiro / bolsonaro

Atacadista investe R$ 8 milhões

A Villefort Atacadista investiu R$ 8 milhões para a disponibilização de uma loja na Ceasa Juiz de Fora. A unidade será inaugurada oficialmente no dia 11 de abril, mas a abertura ao público acontece no dia 14. A estimativa é de criação de 150 empregos diretos com o empreendimento. A empresa venceu licitação pública para […]

Por Tribuna

09/04/2011 às 07h00

A Villefort Atacadista investiu R$ 8 milhões para a disponibilização de uma loja na Ceasa Juiz de Fora. A unidade será inaugurada oficialmente no dia 11 de abril, mas a abertura ao público acontece no dia 14. A estimativa é de criação de 150 empregos diretos com o empreendimento.

O conteúdo continua após o anúncio

A empresa venceu licitação pública para ocupar o pavilhão GP 4, que ficou 15 anos desativado. A licitação foi possível com a assinatura de um termo de acordo entre a CeasaMinas e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), proprietária do espaço. A formalização aconteceu em 2009.

Para o presidente da CeasaMinas, João Alberto Paixão Lages, a retomada das atividades no galpão possibilita a atração de novos compradores para o entreposto. O perfil da empresa vencedora da licitação possibilitará diversificar a oferta da unidade, com opções de cereais e produtos industrializados, como laticínios e carnes.

A loja conta com cinco mil metros quadrados para atender ao comércio varejista da região. Entre os produtos comercializados estão cereais, congelados, bebidas, perecíveis, utilidades domésticas e itens de higiene e limpeza.

A Ceasa Juiz de Fora é a terceira maior do sistema mineiro. A oferta anual é de 75 mil toneladas de produtos, que movimentam cerca de R$ 90 milhões por ano.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia