Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Obras do Viaduto Hélio Fádel Araújo devem ser concluídas em outubro

Expectativa anterior era que a estrutura fosse finalizada em agosto; PJF atribui atraso a alteração no projeto


Por Tribuna

26/09/2021 às 07h00

O Viaduto Hélio Fádel Araújo, na Avenida Francisco Bernardino, no Centro, deve ter as obras concluídas no próximo mês de outubro. A previsão foi dada pela Secretaria de Obras (SO) da Prefeitura de Juiz de Fora (SO), nesta terça-feira (21). A pasta considerou as alterações no projeto original como preponderantes para o alargamento do prazo de conclusão. Anteriormente, a expectativa era que a estrutura fosse inaugurada em agosto, previsão que já havia passado por diversas alterações desde o início da construção, em 2019.

Obra está concentrada em intervenções no entorno, como rede de esgoto em ruas adjacentes ao viaduto (Foto: Fernando Priamo)

Segundo a SO, atualmente, as obras passam por intervenções de infraestrutura do entorno, “como da rede de esgoto nas ruas adjacentes ao viaduto e também o recapeamento asfáltico”. Além de levantar a estrutura viária, a atualização no projeto, ainda de acordo com a Prefeitura, levou em conta aspectos como novos passeios, rampas de acessibilidade e iluminação das vias paralelas ao novo viaduto. “Em paralelo, está sendo solucionado um antigo problema de alagamento nas ruas Howain e Farmacêutico Vespasiano Pinto Vieira, com a construção de nova rede de drenagem”, afirma, em nota, a pasta municipal.

O conteúdo continua após o anúncio

Em decorrência das operações, ao longo do último mês a PJF realizou alteração no trânsito da Avenida Francisco Bernardino, no Centro de Juiz de Fora. Desde o dia 23 de agosto, a via tem duas das três pistas interditadas para a realização de obras de pavimentação. A intervenção asfáltica faz parte do pacote de trabalhos envolvendo a construção do novo viaduto.

Alterações no cronograma

As obras do Viaduto Hélio Fádel Araújo, que começaram em 2019, passam por alterações no cronograma de entrega desde o final de 2020. Em novembro daquele ano, o engenheiro fiscal da Secretaria de Obras, Júlio Frees, revelou que a expectativa era que os trabalhos fossem concluídos em abril de 2021, dando corpo à previsão anterior, que tratava apenas de conclusão no primeiro semestre deste ano.

Já em janeiro de 2021, a PJF voltou a falar em entregar a estrutura viária ainda no primeiro semestre do ano. Entretanto, em abril, a Prefeitura mudou o discurso e projetou a conclusão das obras em agosto. Na ocasião, o Executivo municipal informou que 80% dos trabalhos já haviam sido concluídos. O valor atual do contrato do convênio com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para a construção da estrutura viária é de R$ 13.014.805,15.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia