Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Minas Gerais tem mais 343 casos confirmados de infecção por coronavírus

Número deste sábado, 23, é menor que o registrado na sexta, 22, quando 399 casos foram confirmados

Por Marcos Araújo

23/05/2020 às 15h35- Atualizada 23/05/2020 às 19h04

A Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) registrou 343 novos casos de contaminação por coronavírus, em 24 horas, como informou no boletim epidemiológico, deste sábado (23). A boa notícia é que o número é menor que o registrado no dia anterior, quando 399 casos foram confirmados. Até a sexta-feira (22), os registros de mineiros infectados apresentavam aumento vertiginoso há três dias. No total, o estado tem 6.338 casos confirmados.

No que diz respeito a mortes, até o momento, o estado contabilizou 217 óbitos. O número tem 16 casos a mais, do que o boletim de sexta, que registrou a morte de 201 vítimas da Covid-19. O informativo aponta a morte de mais de três pessoas, em Juiz de Fora, sendo dois homens, de 91 e 81 anos. Eles apresentavam comorbidades e suas mortes foram registradas das nos dias 8 e 16 de março, respectivamente.

O conteúdo continua após o anúncio

A terceira vítima é uma idosa, de 74 anos, que também apresentava comorbidade. O falecimento dela ocorreu no dia 7 de março. No total, a listagem estadual aponta 26 casos de morte na cidade, enquanto dados da Prefeitura, divulgados na sexta, somavam 27 óbitos.

No que diz respeito aos casos de infecção, o município tem, pelo informativo estadual, 501 pacientes com a Covid-19, um aumento de 13 notificações, já que, na sexta, o acumulado era de 488 pessoas que testaram positivo. Todavia, conforme a Prefeitura, os números mostravam, na sexta, 541 casos da doença.

Minas Gerais ainda tem, como diagnostica o boletim epidemiológico deste sábado, 2.773 casos de pacientes em acompanhamento e 3.348 registros de pessoas recuperadas.



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia