Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Irmãos venezuelanos são flagrados extorquindo comerciante de JF

Homem e sua família eram ameaçados pela dupla, que exigiu R$ 100 mil para deixá-los em paz


Por Tribuna

20/01/2022 às 20h49

Mochila, dinheiro e celular apreendidos durante o flagrante com os irmãos venezuelanos (Crédito: Polícia Civil)

Dois irmãos venezuelanos foram flagrados pela Polícia Civil de Juiz de Fora na prática de extorsão, nesta quinta-feira (20), no Bairro Granjas Bethânia, Zona Nordeste da cidade. O mais velho, de 21 anos, foi preso, enquanto o mais novo, um adolescente de 17 anos, foi apreendido.

De acordo com o titular da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, Rogério Woyame, um comerciante da cidade começou a receber ameaças contra si e sua família e uma exigência de pagamento no valor de R$ 100 mil para que ele e sua família fossem deixados em paz. A vítima procurou a delegacia, na manhã desta quinta, porque já tinha marcado um local para entregar parte do dinheiro da extorsão.

O conteúdo continua após o anúncio

Diante da denúncia, uma operação foi montada para ficar de vigilância no local marcado. “A vítima deixou o dinheiro onde estava combinado e ficamos observando até que os suspeitos surgiram e foram pegos em flagrante. Eles foram revistados e na mochila do mais novo foi encontrado o dinheiro deixado pela vítima”, explicou Woyame, acrescentando que foi constatado que as ameaças eram feitas pelo irmão mais velho. “Também conseguimos comprovar que o maior já tinha trabalhado no comércio da vítima e, por essa razão, tinha informações sobre a vida do comerciante”, ressaltou.

O maior foi encaminhado para o Ceresp pelos crimes de extorsão e corrupção de menores. O adolescente foi enviado para Centro Socioeducativo pelo crime análogo ao de extorsão. “Comunicamos para a Polícia Federal sobre a prisão de dois estrangeiros para que possam tomar conhecimento da situação deles no Brasil, pois tudo indica que estejam aqui de forma irregular, mas essa informação ainda será averiguada pela Polícia Federal”, afirmou o delegado. Ainda segundo ele, na casa dos irmãos, a polícia encontrou um documento que comprovava que o mais velho já tinha trabalhado para a vítima.

Tópicos: polícia

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia