Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Suspeito de ameaçar filho adolescente e sogra é preso pela PM

Jovem de 12 anos teria dito que vinha sofrendo agressões e estava há três dias sem se alimentar


Por Marcos Araújo

18/01/2022 às 18h34- Atualizada 18/01/2022 às 20h00

Um homem de 37 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar por ameaças à sogra e ao filho, além da posse de armas e munições. A ocorrência foi registrada, nesta segunda-feira (17), por volta das 17h, no Bairro Manoel Honório, Zona Leste de Juiz de Fora.

De acordo com o Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), a PM recebeu a informação de que uma senhora, de 55 anos, se dirigiu até a casa do neto, de 12 anos, com o propósito de retirá-lo do local. Conforme o documento policial, o adolescente tinha ligado para a avó e relatou que estava há três dias sem se alimentar. Além disso, estaria sofrendo agressões cometidas pelo pai.

A própria avó do adolescente ligou para o 190 e relatou a situação, permanecendo à espera da equipe policial no endereço. Ela ainda afirmou que teria recebido várias ameaças de morte, tanto pelo telefone quanto pessoalmente, por parte do pai do garoto. Segundo ela, o genro teria dito que “encheria a cara dela de tiro” e colocaria fogo em sua residência e que, se qualquer outra pessoa da família se atrevesse a ir buscar o adolescente, ele faria o mesmo.

O conteúdo continua após o anúncio

Com a chegada da PM, a avó e os policiais foram recebidos pelo adolescente, que, da janela do terceiro andar, informou que seu pai havia saído. A pedido da avó, o menino abriu a casa. Em conversa com os militares, ele teria confirmado as agressões que vinha recebendo do pai e ainda a existência de uma arma de fogo no imóvel.

A arma, uma pistola calibre 9mm, municiada com dez cartuchos no carregador, foi localizada na gaveta de um guarda-roupa. Também foram encontrados mais dois carregadores vazios, um simulacro de pistola de ar comprimido, uma caixa com 22 munições 9mm e um soco inglês.

O adolescente ainda informou que, depois de tê-lo agredido, o pai saiu, mas sem informar o destino. Outra viatura foi acionada ao bairro para realizar buscas ao suspeito. O homem foi localizado em um bar, na Rua Américo Luz, e recebeu ordem de prisão em flagrante. Ele negou ter agredido o filho e ter ameaçado de morte a avó do adolescente.

O suspeito foi preso e conduzido para a delegacia de Polícia Civil.

Tópicos: polícia

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia