Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / chuva / polícia / obituário

Dom Gil comemora autorização de uso emergencial das vacinas contra a Covid

“Grande vitória”, escreveu o arcebispo; celebrações em Juiz de Fora continuam, apesar da onda vermelha

Por Tribuna

18/01/2021 às 19h26

Em virtude da autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso emergencial de duas vacinas no Brasil, ocorrida no domingo(17), o Arcebispo Metropolitano Dom Gil Antônio Moreira emitiu uma mensagem de agradecimento ao avanço da situação. Intitulado de “Grande Dom”, o texto foi divulgado pela Arquidiocese de Juiz de Fora nesta segunda-feira (18) e, entre outras pontuações, celebra o que o bispo chamou de “grande vitória, uma enorme bênção de Nosso Senhor”.

O Arcebispo também fez coro ao apelo do Papa Francisco para que todos sejam vacinados, protejam a si e também ao próximo. Assim como os pedidos das autoridades para que os cuidados com distanciamento, higienização e demais medidas de segurança sejam mantidos mesmo depois da vacinação.

O conteúdo continua após o anúncio

Celebrações são mantidas em Juiz de Fora

Passou a valer nesta segunda (18) o retorno de Juiz de Fora à onda vermelha do programa Minas Consciente. Em função disso, houve dúvidas sobre o funcionamento das igrejas durante este período de maior rigor no isolamento. No entanto, em agosto do ano passado, a Câmara Municipal de Juiz de Fora promulgou uma lei que caracteriza celebrações religiosas como atividades essenciais na cidade. Portanto, as missas podem ser mantidas.

Assim como estava acontecendo, é permitida a participação presencial dos fiéis no limite de 30% do espaço nas igrejas ou templos, continuando com rigorosos cuidados, como uso de máscaras e o respeito ao distanciamento social, dentre outros.

Tópicos: coronavírus



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia