Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / lockdown / vacina / polícia / obituário

Funcionário da Mercedes-Benz morre em acidente de trabalho

Fábrica na Zona Norte de JF foi fechada nesta quarta. Sindicato dos Metalúrgicos informou que a vítima era mecânico da empresa


Por Michele Meireles

01/07/2020 às 10h48- Atualizada 01/07/2020 às 18h38

Um funcionário da fábrica da Mercedes-Benz de Juiz de Fora, de 57 anos, morreu depois de um acidente de trabalho na madrugada desta quarta-feira (1º de julho). A montadora ficou fechada nesta quarta, e representantes do Sindicato dos Metalúrgicos estiveram no local. À Tribuna, o presidente da entidade, João César da Silva, informou que o sindicato está acompanhando o trabalho da perícia da Polícia Civil e também vai fazer apurações sobre o caso.

Segundo informações da Polícia Militar, um representante legal da empresa, 47, informou que o acidente ocorreu em um dos pavilhões do setor de qualidade de funilaria, por volta das 2h30. Conforme a ocorrência policial, a vítima, que, segundo o sindicato, era mecânico, estava junto com outros dois trabalhadores fazendo a manutenção corretiva de uma das plataformas.

Por motivos ainda desconhecidos, uma parte da estrutura caiu em cima de Laerte Querubino de Paula e de um dos colegas, 50 anos. O homem conseguiu sair rapidamente e não foi atingido, mas o mecânico ficou debaixo da estrutura. Os Bombeiros, que têm uma base dentro da montadora, foram acionados e fizeram a retirada do homem.

O conteúdo continua após o anúncio

Ele foi socorrido e estava sendo levado para a UPA Norte, em Benfica, mas não resistiu e morreu a caminho da unidade de saúde. A perícia compareceu à fábrica para os levantamentos de praxe. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil deve apurar o ocorrido.

Por nota, o Sindicato também informou que a fatalidade ocorreu quando Laerte realizava suas funções na manutenção. Representantes da entidade foram para a empresa, assim que o espaço foi liberado pela polícia, para ter mais informações sobre o ocorrido e tomar as providências necessárias. O sindicato se solidarizou com os familiares e colegas de trabalho de Laerte.

Em nota, a Mercedes-Benz confirmou o acidente e lamentou o ocorrido, dizendo que Laerte trabalhava na empresa há 22 anos. “Sentimos muito pelo ocorrido e pela grande perda que Laerte, aos 57 anos, deixará a nós e, principalmente, à sua família. Nesse momento, nós da Mercedes-Benz estamos prestando toda assistência possível aos familiares e colegas que conviviam com o Laerte em seu dia a dia.” Ainda de acordo com a nota, a produção foi totalmente interrompida nesta quarta-feira, para o andamento das análises sobre o ocorrido.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia