Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

RPG: importante aliado na aprendizagem de línguas

PUBLIEDITORIAL

Aprender um novo idioma é um processo que tem começo, mas não tem fim. E nessa caminhada para saber como se expressar e se comunicar em uma nova língua, o aluno precisa estar atento às novidades e aos novos contextos e perspectivas e, principalmente, saber lidar com as suas emoções e sentimentos, como já falamos […]

Por Tribuna

20/04/2020 às 07h00

Aprender um novo idioma é um processo que tem começo, mas não tem fim. E nessa caminhada para saber como se expressar e se comunicar em uma nova língua, o aluno precisa estar atento às novidades e aos novos contextos e perspectivas e, principalmente, saber lidar com as suas emoções e sentimentos, como já falamos nesta coluna. Uma estratégia interessante adotada pelo Sistema 3, escola de idiomas que oferta cursos intensivos de inglês, espanhol e francês, é aplicar em suas aulas a dinâmica dos jogos de RPG, o Role-playing game, que em português significa jogo de interpretação de papéis ou jogo de representação.

“O RPG nos possibilita fazer um outro itinerário: primeiro vamos praticar e depois vamos reparar nos detalhes das regras. E assim trabalhamos a segurança do aluno ao falar, para que ele se sinta num ambiente acolhedor, que não prioriza regras, mas sim a criatividade. Essa é a premissa para deixar as pessoas à vontade num ambiente de sala de aula e, também, dialoga com a metodologia da escola, que é pautada na autonomia e na independência linguística”, destaca o diretor do Sistema 3, Vico Lopes.

Assim, por meio da interpretação de personagens, das situações propostas no material didático e dos cenários do RPG criados pelos professores – que atuam como os narradores das histórias -, o aluno começa a exercitar sua imaginação. E, a partir dos diálogos em sala de aula, ele vai trabalhando melhor seu vocabulário, sua oralidade, a pronúncia de frases e palavras e o uso das regras gramaticais, fixando o conteúdo de forma mais satisfatória.

O RPG, segundo Vico, dá ao aluno ferramentas que já estão dentro dele, como autoconfiança para se expressar, superação de obstáculos e crenças limitantes. “Ao longo dos seis meses do curso completo, o mais marcante de todas essas atividades é a capacidade que a pessoa desenvolve para memorizar informações novas sob o efeito de fortes emoções. O ponto central do RPG é a emoção, algo muito particular de cada participante. E essa combinação de habilidades e personalidades distintas leva a um resultado único”, revela.

O Sistema 3 tem como público-alvo pessoas em idade adulta, por isso o RPG se torna uma ferramenta ainda mais eficaz para o ensino. “Por mais que os adultos sejam um nicho interessado, empenhado e que valoriza o investimento, muitos deles podem ser pouco flexíveis, excessivamente autocríticos ou até mesmo apresentar dificuldades. Quando a pessoa assume um personagem, ela pode “começar do zero”, construindo sua personalidade e se sentindo à vontade para praticar. No final do curso, o depoimento das turmas acaba sendo bem emocionante, pois nessa jornada é possível desenvolver muito mais que a capacidade de se expressar num novo idioma, como também a habilidade de falar, de começar e manter diálogos de maneira mais expansiva”, finaliza Vico.

Sistema 3
www.sistema3.com.br
Endereço: Rua Barbosa Lima, 278 – Centro
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 22h e sábado das 9h às 16h
Telefone: (32) 3212-6496
Whatsapp: (32) 98824-1025
Facebook: /sistema3
Instagram: @sistema3





Desenvolvido por Grupo Emedia