Tópicos em alta: polícia / chuva

Iniciação científica prepara alunos para novos e antigos desafios sociais

PUBLIEDITORIAL

O resultado é a formação de um novo tipo de profissional, cada vez mais ambicionado pelo mercado de trabalho, pela sua capacidade em resolver problemas, inclusive e principalmente, pela inovação.

Por Vianna Júnior

11/03/2018 às 07h00

Coordenadora do Nupe e editora chefe da Vianna Sapiens, a professora doutora Rachel Zacarias destaca a importância da pesquisa científica para o desenvolvimento pessoal e coletivo. (Foto: Betânia Bertelli)

A necessidade de dar respostas novas a antigos problemas e de buscar soluções para os novos desafios está mudando o patamar de relevância da iniciativa científica em instituições de ensino superior. Prova disso é o papel que a pesquisa vem alcançando nas Faculdades Integradas Vianna Júnior que, além de ter um núcleo especializado no assunto e um jornal eletrônico, publica a cada semestre uma edição da Vianna Sapiens, revista eletrônica, que abre espaço para a divulgação de trabalhos científicos não apenas de alunos e professores da instituição, como de pesquisadores de todo o país.

O resultado é a formação de um novo tipo de profissional, cada vez mais ambicionado pelo mercado de trabalho, pela sua capacidade em resolver problemas, inclusive e principalmente, pela inovação.

Coordenadora do Núcleo de Pesquisa e Extensão (Nupe) das Faculdades Integradas Vianna Júnior, Rachel Zacarias acredita que a pesquisa tem contribuição importante, não só individual no sentido da formação intelectual do aluno, mas também na reflexão coletiva sobre os fenômenos da sociedade, contribuindo com alternativas até mesmo pioneiras.

“Temos visto muitos trabalhos nesta direção”, observa coordenadora, que também leciona disciplina relacionada para alunos do curso de Direito. “Este é o sentido da pesquisa, entender, refletir e possibilitar que o graduando conheça com mais profundidade a realidade em que vive. Uma pesquisa bibliográfica traz um o conhecimento importante sobre fenômenos já descritos. Com o trabalho de campo é possível ver de perto e além os fenômenos para os quais se buscam respostas.”

E por falar em respostas diferentes, e dar oportunidade aos alunos e professores estudarem os fenômenos relacionados aos cursos que são oferecidos nas Faculdades Integradas Vianna Júnior, o Nupe abre todos os anos um edital de Iniciação Científica, que possibilita professores e alunos desenvolverem suas pesquisas.  A novidade este semestre é que o aluno selecionado para acompanhar a pesquisa terá um incentivo em forma de desconto na mensalidade.

 

Vianna Sapiens integra ranking do sistema Qualis

Mesmo não estando atrelada a um programa de pós-graduação, como seria de praxe, a revista Vianna Sapiens das Faculdades Integradas Vianna Júnior conseguiu um importante feito com sua inclusão no ranking dos periódicos científicos avaliados pelo sistema Qualis. Esse sistema atesta a qualidade da publicação, contribuindo para que mais pesquisadores, alunos e professores de todo o país se interessem em submeter seus artigos inéditos para avaliação, explica a coordenadora do Núcleo de Pesquisa e Extensão (Nupe) e editora chefe da Vianna Sapiens, Rachel Zacarias.

“A revista é destaque no cenário regional nas áreas de Direito e Administração, além de ser indexada em bases de dados na última avaliação do sistema Qualis recebeu o conceito B4”. A cada edição publicada vem aumentando o número de artigos  de autores vinculados a programas de pós-graduação”, contaRachel para quem o periódico é a menina dos olhos. A seleção dos artigos/ensaios é feita com base no duplo cego, ou seja, sem a identificação do autor ou autores pelos avaliadores. “Essa é uma das principais características para que a revista tenha transparência e confiabilidade”, observa Rachel.

As edições da Vianna Sapiens  são publicadas em julho e dezembro no site www.viannasapiens.com.br, onde também é possível submeter trabalhos para apreciação, com base nas normas e critérios definidos na política editorial. A revista usa uma plataforma digital OJS para o gerenciamento dos artigos, desde a submissão, até o processo de publicação. “Tudo é feito com total transparência e o autor pode acompanhar tudo o que está acontecendo em tempo real”, observa Rachel. A revista tem como editor da área de Direito, o professor Guilherme Augusto Giovanoni da Silva, e de Administração, a professora Karen Estefan Dutra.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Desenvolvido por Grupo Emedia