Tópicos em alta: sergio moro / dengue / polícia / reforma da previdência / bolsonaro

Novas temporadas de ‘Stranger things’ e ‘La casa de papel’ chegam em julho

Confira as séries e filmes que entram no cardápio dos serviços de streaming no próximo mês

Por Tribuna

24/06/2019 às 16h40

O mês de julho traz novas temporadas de séries de peso da Netflix. Orange is The New Black chega ao final com a sétima temporada; Stranger Things e La Casa de Papel voltam com novos capítulos. Confira abaixo a lista com os principais lançamentos de junho nas plataformas Netflix, Now, HBO e Amazon:

Lançamentos de julho na Netflix

4 de julho – Stranger Things – temporada 3

A terceira temporada de Stranger Things traz o elenco original e alguns novos personagens. Ao que tudo indica, o Devorador de Mentes está mais forte do que nunca e tem planos para invadir a escola. Os romances entre Eleven e Mike e Lucas e Max também estarão presentes nos novos episódios.

19 de julho – La Casa de Papel – temporada 3

A terceira temporada dá novos rumos à série: após a fuga bem sucedida da Espanha, os protagonistas são chantageados e obrigados a realizar um novo assalto, única forma de resgatar Rio, sequestrado, e proteger seu esconderijo.

26 de julho – Orange is The New Black – temporada 7

Na sétima e última temporada de Orange is The New Black, a protagonista Piper Chapman retorna à sociedade após terminar de cumprir sua pena. Sua esposa Alex e as outras presidiárias não têm a mesma sorte.

Lançamentos de julho na plataforma Now

10 de julho – Nós (US)

O filme Nós, segundo trabalho do diretor Jordan Peele, é um thriller psicológico sobre uma família confrontada por um grupo de sósias.

11 de julho – Shazam!

O filme conta a história de Billy Batson, garoto de 14 anos que vai parar num lar de crianças esquisitas e pode se transformar em um super-herói adulto.

17 de julho – A Espiã Vermelha

Judi Dench interpreta personagem real, Melita Norwood, uma secretária inglesa que passou segredos nucleares para a União Soviética durante 50 anos por motivos aparentemente ideológicos.

O conteúdo continua após o anúncio

Lançamentos de julho na HBO GO

Com uma estreia por semana, a HBO está disponibilizando seis documentários: What’s my name: Muhammad Ali e WIG, que entraram na plataforma em junho, The inventor: out for blood in Silicon Valley, One Nation Under Stress, At The Heart of Gold: inside the USA Gynastics Scandal e Ice On Fire, que estreiam no próximo mês.

1 de julho – The inventor: out for blood in Silicon Valley

Dirigido por Alex Gibney, o documentário narra a ascensão e queda da empresa de saúde Theranos, que chegou a ser considerada a ‘próxima Steve Jobs’ antes de ser definida como ‘uma grande fraude’ pela Comissão da Bolsa de Valores dos Estados Unidos.

8 de julho – One Nation Under Stress

O documentário entrevista especialistas para compreender o crescente impacto do estresse no dia a dia e na saúde dos americanos – e como ele pode estar relacionado à queda dos índices de expectativa de vida da população.

8 de julho – At The Heart of Gold: inside the USA Gynastics Scandal

Dirigido por Erin Lee Carr, o documentário investiga o escândalo de abuso sexual protagonizado pelo médico Larry Nassar, osteopata da equipe de ginástica olímpica feminina dos EUA.

15 de julho – Ice On Fire

O longa, gravado em nove países, reúne cientistas que debatem os efeitos do excesso de carbono nos sistemas planetários.

Lançamento de julho na Amazon

26 de julho – The Boys

Super-heróis se corrompem e colocam em risco a população. Uma equipe da CIA, intitulada “os meninos”, têm a missão de controlar a situação.

Lançamentos de julho na Globoplay

2 de julho – Aruanas

A nova série original Globoplay conta a história de Luiza (Leandra Leal), Natalie (Debora Falabella) e Verônica (Taís Araújo), fundadoras de uma ONG de defesa do meio ambiente, e da estagiária Clara (Thainá Duarte), que investigam uma denúncia anônima que liga uma poderosa mineradora a garimpos ilegais na Amazônia.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia