Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Sem antigo tesoureiro, MDB estadual começa a discutir candidaturas

Por Paulo Cesar Magella

30/11/2021 às 18h00 - Atualizada 30/11/2021 às 15h48

Após o ex-deputado Adalclever Lopes sair atirando do partido, com vistas a se filiar ao PSD, a cúpula do MDB, em reunião na noite de segunda-feira, nomeou o segundo tesoureiro, Manoel Carvalho – de Muriaé -, como responsável pelas finanças da legenda. De acordo com o vice-presidente, José Sóter Figueirôa, foi uma reunião na qual prevaleceu o discurso de unidade do partido já com vistas às eleições de 2022. “A meta é formar uma chapa competitiva para deputado federal e deputado estadual e aprofundar a discussão sobre o Senado”, que tem como um dos postulantes o presidente da Associação Mineira dos Municípios, Julvan Lacerda. Figueirôa destacou, porém, que o martelo ainda não está batido. Uma das próximas ações é a elaboração de plano de gestão para Minas Gerais a ser produzido pela seção estadual da Fundação Ulysses Guimarães.

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia