Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Novais assume o MDB com a missão de resgatar o partido

Por Paulo Cesar Magella

29/11/2021 às 13h19 - Atualizada 29/11/2021 às 13h39

Resgatar o MDB é a palavra de ordem do novo diretório, encabeçado pelo médico João César Novais, eleito em convenção no último sábado. Ele considera que terá que recomeçar do zero – o que é melhor do que no meio do caminho – para recuperar a tradição vitoriosa do partido em Juiz de Fora. “Fomos majoritários em vários pleitos e o partido é o que acumula o maior número de mandatos à frente da Prefeitura. Temos que retomar isso”, destacou. Vice-prefeito na gestão Tarcísio Delgado, o novo presidente do MDB é enfático ao lembrar o fracasso do partido nos últimos pleitos, quando não elegeu, sequer, um representante na Câmara Municipal. “Entrei nessa para unir o partido e colocar a casa em ordem, começando uma luta de bases e princípios para resgatar o MDB”, enfatizou.

O conteúdo continua após o anúncio

Caminho do meio com Simone Tebet é uma opção

O presidente do MDB não esconde sua preocupação com o cenário nacional, numa polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula, e espera uma terceira via, que possa ser encabeçada pela senadora Simone Tebet. No Estado a situação é mais preocupante, ante uma divisão extrema “com cada um querendo ver o seu espaço sem pensar no partido”. Novais já faz apostas para o ano que vem, ante a possibilidade de retorno do ex-deputado Isauro Calais à Assembleia Legislativa, com a indicação do deputado Sávio Souza Cruz, também do MDB, para o Tribunal de Contas do Estado. Com o mandato, Calais já seria o nome natural para a reeleição, embora haja planos de candidatura própria também para federal. Para tanto, haverá conversas com os diretórios da região para um trabalho coletivo.

 Bruno assina ficha de filiação no Avante

O diretório do MDB, encabeçado por João César, terá como vice-presidente Orlandsmidt Riani; secretário-geral, José Sóter Figueirôa; secretário-adjunto, José Armando da Silveira;tesoureiro, Marcelo Pinto Enes, e vogal, Luiz Carlos de Carvalho, que já tem planos para restabelecer os princípios do documento “Esperança e Mudança”, lançado em 1982 pela Fundação Ulysses Guimarães. O segundo vogal é Frederico Augusto Siqueira Neves Enquanto isso, o ex-prefeito Bruno Siqueira, que durante anos liderou o MDB de Juiz de Fora e chegou a ser convidado a participar do diretório, assinou, no fim de semana, sua ficha de filiação ao Avante.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia