Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Assembleia dá alternativa fiscal ao governador

Por Paulo Cesar Magella

26/05/2022 às 21h00 - Atualizada 26/05/2022 às 15h52

Enquanto a mensagem que trata do Plano de Recuperação Fiscal de Minas continua emperrada, mesmo estando, de novo, sob regime de urgência, a Assembleia aprovou em dois turnos – e segue para o Executivo estadual – o projeto do deputado Hely Tarquínio (PV), visto como uma alternativa ao RRF. Por ele, o refinanciamento pretende regularizar o pagamento de parcelas da dívida com a União não pagas em decorrência de decisões judiciais relativas a ações ajuizadas até 31 de dezembro de 2020. Ele confere ao Estado prazo para pagamento de 30 anos e supressão dos encargos de inadimplência do saldo devedor, assim como correção e juros pelo IPCA + 4% ao ano, limitada à taxa Selic. O contrato com a União precisa ser assinado até 30 de junho de 2022.

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia