Juiz-foranos participam de comissão que vai elaborar Anteprojeto da Lei do Processo Estrutural

A convite do senador Rodrigo Pacheco, a desembargadora Lilian Maciel e professor Márcio Faria participarão do grupo que vai elaborar o Anteprojeto da Lei do Processo Estrutural

Por Paulo Cesar Magella

A desembargadora Lilian Maciel Santos, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais – natural de Juiz de Fora -, a convite do presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco, fará parte da comissão de juristas responsável pela elaboração do Anteprojeto de Lei do Processo Estrutural no Brasil. Da mesma comissão fará parte o advogado Márcio Faria, professor da Universidade Federal de Juiz de Fora. Chama-se estrutural o tipo de processo judicial pelo qual se pretende reorganizar uma estrutura pública ou privada, cujo funcionamento está na demanda da Justiça. A comissão será presidida pelo ex-procurador-geral de Justiça, Augusto Aras.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Sou da primeira geração da Tribuna, onde ingressei em 1981 - ano de fundação do jornal -, já tendo exercido as funções de editor de política, editor de economia, secretário de redação e, desde 1995, editor geral. Além de jornalista, sou bacharel em Direito e Filosofia. Também sou radialista Meus hobbies são leitura, gastronomia - não como frango, pasmem - esportes (Flamengo até morrer), encontro com amigos, de preferência nos botequins. E-mail: [email protected] [email protected]

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também