Ana Pimentel marca ato público contra lei que equipara o aborto a homicídio

O ato público deve ocorrer no Salão Verdade da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira

Por Paulo Cesar Magella

Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara Federal, a deputada Ana Pimentel (PT) marcou para esta quarta-feira, às 16h, no Salão Verde do Congresso, um ato público, com a participação de parlamentares, para apresentar a oposição ao projeto de lei 1904/2024, que equipara o aborto ao homicídio doloso, de autoria do deputado Sóstenes Cavalcanti. A matéria já encontra resistência dentro do próprio parlamento, mas é nas redes sociais onde circulam as principais manifestações. De acordo com a deputada, o projeto de lei é um grave retrocesso na proteção das meninas brasileiras vítimas de violência sexual e chama a atenção para os números: 75% das vítimas de estupro no Brasil são menores de 13 anos. Além disso, a cada hora, seis denúncias desse tipo de abusos são registradas no país.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Sou da primeira geração da Tribuna, onde ingressei em 1981 - ano de fundação do jornal -, já tendo exercido as funções de editor de política, editor de economia, secretário de redação e, desde 1995, editor geral. Além de jornalista, sou bacharel em Direito e Filosofia. Também sou radialista Meus hobbies são leitura, gastronomia - não como frango, pasmem - esportes (Flamengo até morrer), encontro com amigos, de preferência nos botequins. E-mail: [email protected] [email protected]

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também