Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Publicação de secretário causa indignação no setor de eventos de JF

Por Paulo Cesar Magella

07/10/2021 às 14h32 - Atualizada 07/10/2021 às 14h32

Foi preciso muita conversa para acalmar o setor de eventos da cidade, que ficou extremamente indignado com uma publicação do secretário de Turismo, Marcelo do Carmo, em sua rede social, na qual fez duras críticas a um evento privado no qual os participantes estariam sem máscara. “Esse é o setor de eventos reunido, o setor que clama por resposta, isonomia, direitos iguais”, diz um dos trechos da postagem, que foi apagada pelo próprio secretário, embora já tivesse caído na rede. Também em nota, Marcelo pediu desculpas e admitiu que o fato não vai mais acontecer. “Sempre fui  e serei defensor do turismo e dos eventos. Enquanto secretário, estarei sempre à disposição”, destacou.

O conteúdo continua após o anúncio

Apesar dos protestos, secretário deve continuar no cargo

Ainda na noite de quarta-feira, quando ocorreu a postagem, um dos representantes do setor teria acionado a prefeita Margarida Salomão para questionar a publicação. Dentro da própria Prefeitura a postagem foi considerada, imprópria, mas foi destacado o pedido de desculpas do secretário. Na manhã desta quinta-feira, o assunto continuou na ordem do dia e várias conversas ocorreram. Indignados, alguns representantes do setor de eventos queriam pedir a cabeça do secretário, mas, pelo menos até o início da tarde, não havia essa intenção no gabinete, pois, a despeito do gesto grave, Marcelo é visto como um quadro de grande qualificação e competência.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia