Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

Polícia Civil apura morte de jovem de 19 anos em Ubá

Caso era tratado como desaparecimento até corpo da garota ser localizado nas imediações da MGC-265

Por Sandra Zanella

24/07/2019 às 15h34

A Polícia Civil informou nesta quarta-feira (23) ter instaurado inquérito para apurar a morte da jovem Elídia Geraldo, 19 anos, ocorrida em Ubá, a cerca de 100 quilômetros de Juiz de Fora. O caso era tratado como desaparecimento desde o dia 6, quando os pais registraram boletim de ocorrência informando o sumiço da filha no dia 2. Na última segunda, no entanto, o corpo da vítima foi encontrado por um tio dela em um terreno nas imediações da MGC-265.

Segundo a Polícia Civil, diligências foram realizadas “diuturnamente”, desde o início de julho, em vários municípios da região de Ubá. Os trabalhos estão sendo executados pelos policiais civis da Delegacia de Homicídios da Regional de Ubá (2ª DRPC) e pelo próprio titular da especializada, delegado Alexandrino Rosa de Souza, responsável pelo inquérito policial. O delegado regional de Ubá, Diêgo Candian Alves, também acompanha o caso.

O conteúdo continua após o anúncio

“Até o momento, familiares e testemunhas foram ouvidos, e outras oitivas estão em andamento para apuração e esclarecimento dos fatos. As investigações continuam, e mais informações não serão divulgadas para não prejudicar a apuração”, informou a assessoria da instituição por meio de nota.

No boletim de ocorrência de desaparecimento, os pais de Elídia informaram que a filha havia saído da residência onde moram, no Bairro Peluso, por volta das 18h30 do dia 2. Na ocasião, ela disse que iria ao Horto Florestal, onde ocorria a festa de aniversário da cidade, mas afirmou que retornaria rapidamente, o que não ocorreu. A mãe, uma doméstica de 60 anos, e o pai, um aposentado de 68, chegaram a procurar a jovem na casa de amigas, em hospitais e no trabalho dela.

Na manhã da última segunda-feira, um tio de Elídia, 67, acionou a Polícia Militar após encontrar um corpo nas imediações de um supermercado. Ele relatou aos policiais que procurava pela sobrinha por conta própria desde o sumiço dela. Naquele dia, durante mais uma busca, o homem sentiu um mau cheiro vindo das margens da rodovia e foi verificar. O corpo da jovem estava coberto por vegetação e foi identificado por familiares como sendo de Elídia. A perícia da Polícia Civil também foi mobilizada e realizou os levantamentos no local.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia