Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Feriado de Aparecida deixa seis mortos nas estradas da região

Óbitos aconteceram na BR-040 e na MGC-482, rodovia que liga São Miguel do Anta a Viçosa


Por Sandra Zanella

13/10/2021 às 18h32- Atualizada 13/10/2021 às 18h33

Duas pessoas morreram e outras 15 ficaram feridas em nove acidentes registrados pela Polícia Militar Rodoviária (PMR), durante o feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida, nas estradas estaduais da região. Os dois casos fatais aconteceram no domingo (10) na MGC-482, rodovia que liga São Miguel do Anta a Viçosa. Já na malha federal, quatro dos onze óbitos contabilizados em Minas no feriadão aconteceram na área sob responsabilidade da 5ª Delegacia de Juiz de Fora.

Na última sexta-feira, um motociclista, de idade não informada, morreu na batida com um carro no km 671 da BR-040, em Alfredo Vasconcelos. Já no domingo, uma mulher, de 59 anos, não resistiu ao tombamento de um ônibus, com 59 passageiros, no km 755 da 040, em Ewbank da Câmara. Outras 44 pessoas feridas no acidente foram hospitalizadas. Ainda no domingo, um pedestre morreu atropelado por caminhão no km 601 da mesma rodovia, na altura de Ouro Preto. Já na segunda, uma pessoa faleceu em colisão frontal envolvendo dois automóveis e uma van no km 635 da BR-040, em Conselheiro Lafaiete.

Segundo os registros da 4ª Companhia de Policiamento Rodoviário da PM, na tarde de domingo, uma motociclista inabilitada, de 33 anos, chocou-se de frente contra um carro no km 138 da MGC-482, na altura do município de São Miguel do Anta. De acordo com a PMR, no momento do acidente grave, a condutora estaria saindo de uma batida leve com outra motociclista, 23, ocorrida a cerca de quatro quilômetros do local. Na segunda colisão, entretanto, a mulher chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e teve o óbito constatado durante os primeiros atendimentos no pronto socorro local.

O outro acidente com fim trágico aconteceu no começo da noite de domingo no km 134 da mesma rodovia, a MGC-482. Conforme a PMR, um bebê de 9 meses não resistiu ao choque frontal entre dois carros. O forte impacto entre os veículos ainda deixou outras sete pessoas feridas, incluindo três crianças, com idades entre 6 e 8 anos.

Fiscalização

O conteúdo continua após o anúncio

No decorrer do feriadão, a 4ª Cia da PMR realizou 118 testes de etilômetro e prendeu onze condutores por embriaguez ao volante, além de emitir 80 autuações diversas. Os policiais fiscalizaram 265 motocicletas e 526 veículos de quatro rodas, totalizando quatro remoções. Nas 66 operações voltadas para o combate à criminalidade no período, as equipes cumpriram três mandados de prisão. Já dentre as 880 pessoas abordadas nos quatro dias, dez acabaram presas por motivos variados, dois procurados foram capturados e uma pessoa foi presa por ocorrência de trânsito. Um simulacro de fogo foi apreendido.

Balanço em Minas

Durante a Operação Rota Segura, desencadeada em Minas Gerais pela PMR entre os dias 8 e 12 outubro ao longo dos mais de 30 mil quilômetros de estradas estaduais e dos três mil quilômetros de rodovias federais delegadas, a PM fiscalizou 17.974 veículos e abordou 21.292 pessoas. Durante os trabalhos, 3.354 motoristas foram submetidos a testes no etilômetro, 124 foram presos por embriaguez ao volante e 543 inabilitados foram autuados. Ao todo, foram recolhidas 308 CNHs e removidos 447 veículos.

Os policiais rodoviários também emitiram 4.048 autuações mediante abordagens, registraram dez ocorrências de tráfico e outras 44 de posse de drogas para consumo. Onze mandados de prisão foram cumpridos, e dois autores de roubo acabaram presos em flagrante. Além disso, a PMR conseguiu recuperar 20 veículos roubados e apreendeu oito armas de fogo.

Em relação aos acidentes, a corporação aponta redução de 50% no número de mortos e de acidentes com vítimas, na comparação com o mesmo feriado do ano passado. Já em relação aos acidentes sem vítimas, a queda é de 16,67%.

165 acidentes deixam 218 feridos na malha federal

Além dos 11 óbitos registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Minas durante o feriado prolongado, foram contabilizados 218 feridos e o total de 165 acidentes no estado. O número de mortos é 35% menor em comparação aos 17 casos fatais do mesmo feriadão de 2020, enquanto as vítimas de ferimentos caíram 17%, e as ocorrências, 4%. Conforme a PRF, a BR-040 foi a rodovia federal mais violenta do estado no feriado, concentrando sete mortes. Quatro dos óbitos foram de pedestres atropelados e três, de motociclistas.

Os policiais rodoviários federais emitiram 459 multas por ultrapassagens proibidas, 674 por motoristas sem cinto de segurança e 196 por passageiros sem o mesmo equipamento obrigatório, enquanto 42 autuações foram por conduzir criança sem cadeirinha. Ao todo, 11.929 veículos foram fiscalizados. Quatro motoristas acabaram presos por embriaguez, e 53 multas pelo delito foram emitidas.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia