Pimentel vai aos EUA e tenta empréstimo de R$ 1 bi junto ao BID

Reuniões tiveram por objetivo garantir ações empreendidas pelo Estado como forma de enfrentamento do desequilíbrio fiscal

Por Tribuna

14/02/2018 às 17h44

Em viagem aos Estados Unidos, atendendo a convite para ser o orador principal da McCourt International Leader Speaker Series, em Washington, o governador Fernando Pimentel (PT) manteve duas agendas com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). As reuniões aconteceram nesta segunda e terça-feira (13) e tiveram por objetivo garantir ações empreendidas pelo Estado como forma de enfrentamento do desequilíbrio fiscal e à crise que atinge o Governo.

O conteúdo continua após o anúncio

Uma das pautas dos encontros foi o pedido de liberação de R$ 1 bilhão para investimentos em infraestrutura e saneamento pela Copasa, incrementos que poderão incidir no Norte de Minas, por meio do BID Investe. Também foi discutida a possibilidade de criação de um grupo de trabalho para estruturar projetos na área de segurança pública e educação, além de outros mecanismos para alavancar investimentos no Estado.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia