Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Gramado do Estádio Municipal passa por reformas

Revitalização da grama visa preparar o campo para as competições do próximo ano


Por Tribuna

23/11/2021 às 18h49

 

Expectativa é de que trabalho seja finallizado em dez dias (Foto: Assessoria de Comunicação da PJF)

A Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) iniciou nesta terça-feira (23) a revitalização do gramado do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. A ideia é preparar o campo para os campeonatos de futebol a partir de 2022.

Conforme o titular da SEL, Marcelo Matta, o cuidado com a grama impacta em uma melhor qualidade das partidas que serão disputadas no estádio, além da preservação de um espaço público da cidade. “É extremamente importante esse cuidado com o patrimônio público, já que o estádio é da cidade e tem que ser bem tratado. Temos que ter responsabilidade e, para isso, vamos preparar o gramado para poder receber grandes jogos no ano que vem. Além dos times da cidade, podemos oferecer o estádio para jogos do Campeonato Brasileiro da Primeira e Segunda Divisão.”

O conteúdo continua após o anúncio

De acordo com a assessoria de Comunicação da Prefeitura, o prazo para a finalização dos trabalhos vai depender das condições climáticas, mas a expectativa é que em dez dias ele seja finalizado. Depois disso, serão necessários mais 30 dias para descanso e recuperação da grama.

Ainda segundo a assessoria, desde 2015 o gramado do Municipal não passava por uma grande reforma.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia