Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

JF Vôlei larga na frente nas semifinais da Superliga B

Em caso de nova vitória contra o Aeroclube na próxima terça-feira, a equipe de Marcos Henrique do Nascimento garante uma vaga tanto na final quanto na próxima edição da Superliga


Por Gabriel Ferreira Borges

10/04/2021 às 19h04- Atualizada 10/04/2021 às 20h40

jf-volei-aeroclube-by-liziane-virgilio-divulgação
Além de Viller, o ponto Matheus Celestino foi um dos destaques do JF Vôlei na partida deste sábado (10) (Foto: Liziane Virgílio)

O JF Vôlei superou o mando de campo do Unimed/Aeroclube (RN) para largar na frente nas semifinais da Superliga B masculina. Os juiz-foranos venceram os natalenses, neste sábado (10), por 3 sets a 2, na quadra poliesportiva da Estação Cidadania Esporte Professor Jorge Moura, em Natal. Assim, o time de Juiz de Fora mantém a invencibilidade no torneio. As parciais foram de 17/25, 25/16, 15/25, 25/20 e 15/13. O  ponta Viller levou o Troféu Viva Vôlei como melhor jogador em quadra.

LEIA MAIS: Atrás do acesso, JF Vôlei abre semifinal da Superliga B em visita ao Aeroclube

Ainda que o JF Vôlei tenha sido impossibilitado de treinar no último mês, em virtude das restrições sanitárias contra a Covid-19, o técnico Marcos Henrique do Nascimento lançou de saída a equipe titular. O oposto Luis Paolinetti, o levantador Gustavo, os centrais Bruno e Fernando Pilan, os pontos Viller e Matheus Celestino, e o líbero Dayan iniciaram a partida em Natal. Em entrevista à Tribuna na última sexta-feira (9), o treinador havia admitido que poderia se reunir virtualmente com os atletas de forma individual para estudar o adversário.

O conteúdo continua após o anúncio

O confronto diante do Aeroclube válido pela primeira partida das semifinais foi mais equilibrado em relação àquele da 2ª rodada da fase classificatória, quando, na mesma quadra poliesportiva, o JF Vôlei venceu por 3 sets a 1. Embora tenha ficado atrás do placar em duas distintas ocasiões,  a equipe fez valer da força mental para empatar a parcial no quarto set e levar o confronto ao tie-break, disputado ponto a ponto, ao contrário dos anteriores.

JF Vôlei e Unimed/Aeroclube voltarão à quadra já na próxima terça-feira (13), no Ginásio do Riacho, em Contagem (MG), para disputar o segundo jogo das semifinais. Caso o JF Vôlei volte a vencer, estará classificado para a final da Superliga B e garantirá de antemão o acesso à elite. Por outro lado, se o Aeroclube vencer, ambos voltarão a se enfrentar, também em Contagem, já que o JF Vôlei tem a vantagem do mando de quadra devido à melhor campanha na etapa classificatória do torneio.

O outro finalista sairá do confronto entre Anápolis Vôlei (GO) e Brasília Vôlei/Upis (DF). A equipe goiana havia vendido a primeira partida por 3 sets a 2 na última quinta, mas, neste sábado, o Brasília empatou o confronto após derrotar os adversários também por 3 sets a 2. A partida derradeira está prevista, a princípio, para a próxima segunda, em Taguatinga, às 16h.

Errata: ao contrário do informado anteriormente pela Tribuna e registrado pelo site da Superliga B, o Anápolis não venceu a segunda partida das semifinais contra o Brasília, e, portanto, não está garantido na final da competição. A matéria foi atualizada às 20h40.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia