Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Piloto juiz-forano Marcelo Henriques vai ao pódio na estreia da GT Sprint Race

Atual campeão da categoria PROAM foi o 3º melhor em sua primeira corrida na disputa Pro, neste domingo (2), com adversários de experiência em Stock Car


Por Bruno Kaehler

03/05/2021 às 16h29- Atualizada 03/05/2021 às 16h55

O juiz-forano Marcelo Henriques (Mais1 Café/D4U Law Group/Action 360), atual campeão da categoria PROAM da GT Sprint Race Brasil, uma das competições mais importantes do automobilismo nacional, estreou na disputa PRO, a principal do evento, no último domingo (2), e conquistou a terceira colocação da corrida 1 em prova no Autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo.

“Foi uma experiência ótima, começamos com o pé direito. Deu pra ver que a categoria está crescendo muito, se transformando positivamente desde o cuidado com os carros e em vários outros aspectos, com cada vez mais visibilidade. A estreia foi espetacular, além do que eu esperava”, comemora Marcelo à Tribuna. “Não sabia em qual posição do grid poderia me colocar porque tudo muda muito de um ano pro outro, ainda mais em uma nova categoria. Tinha dúvidas se teria condições de brigar de igual para igual com os caras da Stock Car e foi uma grata surpresa”, completa.

Marcelo comemora a terceira colocação no pódio em Mogi Guaçu (Foto: Rodrigo Guimarães)

Marcelo, que largou na terceira posição, ainda conseguiu alcançar a liderança logo na primeira curva, defendendo-a até um push (botão que injeta potência no motor para ganhar velocidade) do adversário Gabriel Casagrande, que acabou vencendo a prova em 25min43s388. A segunda posição ficou com Léo Torres (1s985 de diferença para o líder), com o juiz-forano a apenas 5s343 atrás do primeiro lugar.

O conteúdo continua após o anúncio

“Larguei em terceiro, grudado no Casagrande, o pessoal veio por fora apertando ele e acabei tendo a porta aberta por dentro, conseguindo alcançar a liderança de cara. Tinha esquentado bem o carro na volta de apresentação, cheguei a abrir acho que meio segundo na ponta. Perguntei ao Casagrande se ele tinha usado o push na hora de me ultrapassar, e ele disse que sim, então talvez eu tivesse resistido se não fosse isso. Foi superpositivo, fico feliz também por ter dado visibilidade aos patrocinadores por termos brigado na frente a corrida inteira. Foi uma disputa eletrizante, muito legal pra quem assistiu”, destaca.

O piloto de JF divide, assim como na temporada passada, o carro com Alex Seid, que foi o quinto colocado da prova 2. Desta forma, a dupla fechou a primeira etapa da GT Sprint Race na quarta colocação geral, com 30 pontos. A liderança é de Júlio Campos/Léo Torres, com 40.

Marcelo (à esquerda) e sua dupla, Alex Seid, iniciaram a temporada em 4º lugar geral (Foto: Rodrigo Guimarães)

‘Estou bem mais competitivo’

O sucesso na PROAM e o maior nível na elite da Sprint têm gerado uma entrega ainda maior de Marcelo. “Estou bem mais competitivo que no ano passado, nesse intervalo procurei melhorar algumas coisas pra chegar nesse nível. Passei a ter o acompanhamento de nutricionista, algumas cosias que fazemos mais direitinho, melhorei os treinos”, conta o juiz-forano, que já começou a entender as principais diferenças da nova temporada. “O nível de detalhe na prova é um pouco mais aguçado, agora tem briga por décimos, às vezes centésimos, uma das grandes diferenças da PRO. Tenho que manter essa vontade de evoluir e buscar brigar pelas primeiras posições até a final”, projeta.

O calendário da categoria tem provas previstas até o mês de dezembro. No dia 3 de outubro, a sétima etapa será no Autódromo Potenza, localizado em Lima Duarte, a cerca de 40 quilômetros de Juiz de Fora.

Registro de quando Marcelo Henriques liderava a prova no Autódromo Velocitta (Foto: Rodrigo Guimarães)

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia