Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / chuva / polícia / obituário

Juiz de Fora tem primeiro ‘evento-teste’ para avaliar retomada de atividades

Com participação de até 50 pessoas e adoção de protocolos sanitários, evento acontece na tarde desta terça

Por Renato Salles

22/02/2021 às 17h32- Atualizada 22/02/2021 às 20h20

iniciativa aconteceu no Premier Parc Hotel e teve como tema “Capacitação e Sensibilização sobre os Protocolos de Segurança para Retomada dos Eventos” (Foto: Fernando Priamo)

Juiz de Fora realiza, na tarde desta segunda-feira (22), seu primeiro evento-teste para avaliar condições adequadas e necessárias para uma possível revisão do enquadramento do setor de eventos no Programa Juiz de Fora pela Vida durante a pandemia de Covid-19. De acordo com as regras vigentes, atividades artísticas como produções musicais, teatrais, espetáculos de dança, circenses, entre outros; e também de congressos, feiras e exposições de caráter publicitário, só estão autorizadas na faixa verde, a menos restritiva dos protocolos municipais que regem o enfrentamento da pandemia da Covid-19 na cidade e também o funcionamento de diversos segmentos do comércio e de prestação de serviços. O Juiz de Fora pela Vida conta com cinco faixas de classificação: roxa, vermelha, laranja, amarela e verde. Atualmente, a cidade se encontra na faixa laranja.

O primeiro teste acontece após discussões amplas em parceria com empresários do setor e a Secretaria de Turismo da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e foi realizado pelo Juiz de Fora Convention & Visitors Bureau (JFCVB). A iniciativa aconteceu no Premier Parc Hotel e teve como tema “Capacitação e Sensibilização sobre os Protocolos de Segurança para Retomada dos Eventos”. Os trabalhos foram voltados para o detalhamento de orientações apresentadas no documento que visa a retomada segura e responsável das atividades do setor de evento, com atenção para protocolos de higiene e sanitização embasados nas regras da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os protocolos foram desenvolvidos pelo JFCVB e discutidos com entidades como Vigilância Sanitária – tanto no âmbito municipal como no estadual -, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur), e contaram com colaboração da professora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Sandra Tibiriçá.

Protocolos

Já na entrada do hotel, a temperatura dos participantes do evento era checada. Também foi questionado se os participantes apresentaram algum sintoma gripal nas últimas semanas. No anfiteatro, além do palco, 42 cadeiras foram disponibilizadas para a audiência, com distanciamento de dois metros entre si. Em todos os assentos, um papel recomendava a adoção de medidas básicas, como a higienização constante das mãos e a manutenção do uso de máscara durante todo evento.

Também foi solicitado que os presentes respeitassem sempre o distanciamento mínimo de dois metros entre si e que não fizessem aglomerações no final do evento, além da disponibilização de um número de WhatsApp e de um QR Code para o esclarecimento de dúvidas.

O conteúdo continua após o anúncio

“Futuro próximo”

O secretário municipal de Turismo, Marcelo do Carmo, ressaltou que os eventos-testes foram trabalhados em discussões entre a PJF e entidades do setor de eventos. “Estamos realizando esse teste com enorme responsabilidade, em parceria com as entidades do setor, pensando em uma possível retomada gradual e o estabelecimento de políticas públicas e ações para um setor que já sofre há quase um ano e que foi um dos primeiros que parou com o início da pandemia no ano passado.”

O secretário, todavia, ressaltou que qualquer retomada carece de estudos e análises de pastas diversas da Prefeitura e é vislumbrada para um “futuro próximo”, destacando a importância do setor para a geração de empregos e para a economia do município em geral. “A PJF não tem medido esforços para chegar a um bom termo para a retomada das ações do setor, mas sempre priorizando a manutenção da vida.”

Assim, Marcelo do Carmo destaca que os testes não significam uma retomada de imediato. “É muito importante frisar que não se trata de uma retomada dos eventos na cidade. Mas, sim, o início do estabelecimento de uma política pública para revigorar o setor. Os organizadores vão gerar relatórios. A nossa equipe também vai gerar relatórios. Os eventos serão fiscalizados pela Sesmaur. Todos estes relatórios serão apresentados.”

Agenda

O primeiro evento-teste conta com duas rodadas de palestras. A primeira foi destinada ao Poder Público Municipal, à imprensa e a associações de classe, e aconteceu à tarde. À noite, os mesmos temas serão debatidos com profissionais do setor de eventos convidados para participar do encontro, etapa com transmissão ao vivo pelo canal do JFCVB no Youtube. Ao todo, cada etapa teve a participação presencial restrita a 50 pessoas.

Decreto

No último sábado, a Prefeitura editou um decreto que autorizava a realização do evento-teste, além de outras três atividades ao longo da semana para “avaliação de condições adequadas para a revisão do enquadramento do setor de eventos no Programa Juiz de Fora pela Vida”. Assim, entre estas terça (23) e quinta-feiras (25), está prevista a realização de um showroom de calçados e acessórios da Zona da Mata. Na sexta (26), acontece a ação de cervejarias artesanais de Juiz de Fora, “Caminhos da Cerveja – Viva nossa história em cada gole”. Por fim, para o sábado (27), está prevista a realização de um evento social.



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia