Tópicos em alta: tiroteio entre polícias / polícia / enem 2018

Lúdica Música! lança coletânea com autorais

Banda realiza show gratuito no Cultural, no dia 21, para DVD a ser lançado em 2018

Por Júlio Black

16/09/2017 às 06h30

Isabella, Gutti e Rosana recebem convidados no show que vai ganhar registro audiovisual (Foto: Gal Oliveira/Divulgação)

O Lúdica Música! não para. Além dos inúmeros shows e projetos tocados pelo grupo, o trio celebra a sua produção original – que normalmente tratamos como autoral – com o lançamento da coletânea dupla (em CD e vinil) “#LÚDICA26 – Coletânea de originais” e o show marcado para quinta-feira (21), às 21h, no Cultural, que será gravado para virar um DVD, realizado por meio da Lei Murilo Mendes e que deve ser lançado no primeiro semestre de 2018.

Para a gravação, que terá direção de Gal Oliveira e Léo Teixeira, o grupo formado por Isabella Ladeira, Rosana Britto e Gutti Mendes terá uma penca de convidados especiais: os ex-integrantes Gustavo Lira, Vicente Martins e Joãozinho da Percussão (os três percussionistas) Caetano Brasil (sax, clarinete), Adalberto Silva (baixo), Gladston Vieira (bateria), Guilherme Veroneze (teclados, acordeom), Amanda Martins (flauta) e Juju Britto (percussão), filha de Rosana. Antes, na quarta-feira, o Lúdica Música! vai realizar um “esquenta” no mesmo horário e local, fazendo uma apresentação para convidados com direito a toda a parafernália e convidados do show de quinta.

“(O DVD) era uma vontade antiga nossa, pois quando começamos a nos destacar no cenário musical havia uma mística a respeito das versões que a gente fazia, mas ao mesmo tempo nossa produção autoral tomou uma proporção bacana”, explica Isabella. “No início, era mais a Rosana que produzia, mas aos poucos fomos trocando figurinhas e, com a entrada do Gutti, em 2002, tivemos uma grande evolução.”

O show terá 20 composições da coletânea, concretizada por meio de uma campanha de crowdfunding (a nossa “vaquinha virtual”) realizada por meio da plataforma Catarse. “O disco, assim como o DVD, foi pensado para ser lançado em 2016, quando a banda completou 25 anos, mas com nossa viagem para Portugal precisamos adiar”, explica. “É uma questão de pensar ‘fora da caixinha’ também; por que tinha que ser aos 25 anos, e não aos 26?”

De acordo com ela, desde o início o Lúdica trabalhou com a intenção de que a compilação reunisse apenas composições da própria banda e que fosse duplo para contemplar toda a produção original. “O primeiro disco tem as músicas mais conhecidas, enquanto o outro, o ‘Lado B’, ficou com as mais alternativas, filosóficas. Isso remete, ainda, ao vinil, formato em que a coletânea também será lançada. Já o nome ‘Originais’ é para remeter a como se chamam as músicas autorais no exterior e também para brincar com essa coisa de termos três pessoas de estilos diferentes na banda.”

O conteúdo continua após o anúncio

Como aperitivo a mais, o CD terá três canções inéditas. “Pego leve” (Isabella), “Bobagens” (Gutti Mendes e Léo Teixeira) e “Jogada errada” (Rosana Britto) tiveram arranjos por conta de Caetano Brasil e se juntam a trabalhos dos álbuns anteriores, entre eles “Mundo-Ludo”, “Fogaréu”, “Pegue o escuro” e “Toda cor, toda luz”.

Vaquinha virtual e analógica

Enquanto o DVD (o terceiro da carreira do Lúdica) será produzido por meio da Lei Murilo Mendes, o CD se tornou realidade por meio da plataforma de crowdfunding Catarse. De acordo com Isabella, a ideia era aproveitar esse formato de arrecadação, muito utilizado atualmente. “Conseguimos alcançar metade da meta e trabalhamos no esquema de parceria com muita gente, incluindo músicos, estúdio de gravação. Confiamos muito na proposta, e o resultado foi positivo, ficamos satisfeitos por ter esse respaldo dos fãs e patrocinadores, gente que acredita em nossa proposta. Acredito que faremos uma outra vez e que saberemos explorar a plataforma de uma maneira melhor”, afirma Isabella Ladeira, lembrando que o primeiro trabalho do Lúdica Música!, ainda em vinil, ganhou vida graças a uma versão “analógica” do crowdfunding.

“Nosso primeiro disco, de 1993, ainda com o Joãozinho da Percussão na banda, foi gravado graças ao ‘vale-disco’, em que a pessoa ou empresa fazia uma contribuição e depois recebia uma cópia do álbum. Só não tinha esse nome.”

O resgate dos 25 (ou 26) anos do material original da banda serve, ainda, para um balanço da trajetória do Lúdica Música!, mas com aquele espírito de recomeço e disposição para olhar o futuro. “É muito interessante olhar a carreira em perspectiva e termos uma sensação de orgulho, dever cumprido. Mas também é uma sensação de como se estivéssemos começando de novo, por ter apenas músicas nossas, incluindo as inéditas. Dá muito trabalho, mas toda moda que a gente inventa oferece muita satisfação ao final. É uma energia legal, temos muita gente envolvida colocando muita fé.”

LÚDICA MÚSICA
Nesta quinta-feira (21), às 21h, no Cultural
Entrada franca

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia