Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Vila do Funil, em Rio Preto, recebe festival de forró neste sábado

Som na Serra promete levar ao povoado um gênero musical a cada edição, começando pelo ritmo nordestino


Por Iuri Fontana, estagiário sob supervisão do editor Wendell Guiducci

15/01/2020 às 15h58- Atualizada 16/09/2020 às 10h30

 

Evento será realizado na pousada Serra do Funil, localizada no vilarejo (Foto divulgação)

Pouco mais de 100km separam Juiz de Fora do coração da Serra do Funil. Guardado em forma de vila, este “coração” é constituído por uma dúzia de casas separadas por estrada de terra batida, um cenário típico dos “cantões” espalhados por Minas Gerais. O lugarejo, que tem em seu entorno uma série de atrações naturais, é normalmente procurado por quem aprecia o sossego. Entretanto, na noite deste sábado (18), a tradicional tranquilidade promete dar lugar à agitação, e o sotaque mineiro pode ganhar traços nordestinos com a primeira edição do projeto Som na Serra, dedicada ao forró e ao ícone Luiz Gonzaga.

Elaborado e realizado pela webrádio MusicAtiva e pelo projeto Positive Vibration 1, o evento terá como palco a pousada Serra do Funil, localizada no vilarejo, e contará com as apresentações da banda Forrutz e do DJ Roots. O festival também planeja levar ao público estandes de venda de roupas indianas, cervejarias artesanais e opções gastronômicas, além de abrir espaço para uma feira com artesãos locais.

O conteúdo continua após o anúncio

Segundo o organizador da iniciativa, Ricardo Nerval, o festival nasce com alma itinerante e com periodicidade programada para uma nova edição a cada dois meses. O objetivo principal, segundo ele, é aquecer a economia da localidade. “A ideia é fomentar o turismo na Serra do Funil, trabalhando as pousadas e em cada uma delas um tema diferente. Nessa primeira edição será o forró, na pousada Serra do Funil. Planejamos nas próximas fazer uma de rock, outra de jazz, blues, reggae, rap e assim sucessivamente. Também queremos gerar renda para os habitantes e para as pousadas, porque estamos contratando pessoal de lá para trabalhar no evento.”

Som-na-serra_divulgaçãoSom-na-serra_divulgação_2
<
>
Forrutz e DJ Roots são as atrações musicais do festival (Foto divulgação)

Escola do Funil

Ainda conforme Nerval, outra forma de manter a proximidade entre a festa e o vilarejo se dará por meio da doação de parte da renda obtida com a bilheteria para a escola local. “Estimamos um público de cerca de 600 pessoas. Dez por cento da bilheteria bruta será destinada à Escola do Funil, uma instituição precária e que precisa de muita coisa.”

O Som na Serra tem início marcado para as 22h e aguarda um público bem diversificado. “Tenho recebido muitas mensagens [sobre o evento] de pessoas entre 18 a 65 anos, bem variado. É um festival para quem gosta de música e gosta de cultura”, conclui o organizador.

Som na Serra
Forró com Forrutz e DJ Roots. 18 de janeiro, às 22h, na Pousada Serra do Funil (Rio Preto). (32)99453-3113.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia