Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Missa do Impossível volta a ser realizada no pátio da Matriz São José

Desde 2020, celebração era realizada na parte interna da igreja ou apenas com transmissão on-line


Por Tribuna

21/03/2022 às 13h49- Atualizada 21/03/2022 às 14h06

Missa do Impossível na Igreja São José (Foto: Fernando Priamo/Arquivo TM)

O pátio da Matriz São José, no Bairro Costa Carvalho, Zona Sudeste, vai voltar a receber a Missa do Impossível na terça-feira (22), às 19h30. O local não recebe a celebração desde março de 2020, quando houve a eclosão da pandemia de Covid-19. Desde então, a tradicional missa tem sido realizada de maneira on-line e, após a liberação de celebrações com público, passou a acontecer dentro do templo da região Sudeste e não no ambiente externo, como costumeiro.

A paralisação nas celebrações no pátio da igreja foi necessária devido à pandemia, como uma tentativa de evitar a formação de aglomerações no local. No retorno, entretanto, haverá uma mudança: o altar será montado na porta do templo, e não próximo à rua, como era feito. Além disso, a Missa do Impossível continuará sendo transmitida pelo YouTube no canal do Padre Pierre na rede social.

O conteúdo continua após o anúncio

A Arquidiocese de Juiz de Fora também revelou, em comunicado, que tramita, na Câmara Municipal, um projeto para conferir à Missa do Impossível o título de bem imaterial de Juiz de Fora. A celebração acontece sempre às terças-feiras, às 19h30.

Ainda que realizada no pátio da igreja, o uso de máscara e de álcool gel será obrigatório durante a celebração. Caso haja possibilidade de chuva, a missa vai acontecer dentro do templo. A Igreja São José é localizada na Avenida Sete de Setembro, número 288, no Bairro Costa Carvalho.

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia