Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Homem tenta fugir de batida policial e é preso por direção perigosa na BR-267

Policiais perseguiram e prenderam rapaz, que tinha barra de maconha no interior do veículo


Por Tribuna

13/05/2022 às 09h26

Um homem de 24 anos foi preso, na noite de quinta-feira (12), por direção perigosa na BR-267. O caso aconteceu no km 122 da rodovia, na altura de Juiz de Fora, após o indivíduo tentar fugir da abordagem da Polícia Militar Rodoviária. No carro, ainda foi encontrada uma barra pequena de maconha, que o rapaz teria tentado dispensar na estrada durante a tentativa de fuga.

De acordo com a PMR, após receber a ordem de parada dos policiais, o motorista reduziu a velocidade e indicou que iria parar o veículo. No entanto, ele voltou a acelerar o veículo e foi em alta velocidade pela Avenida JK, no sentido Centro de Juiz de Fora. Os policiais realizaram a perseguição e perceberam que o condutor jogou um invólucro plástico pela janela do veículo.

O conteúdo continua após o anúncio

LEIA MAIS

Após cerca de dois quilômetros de fuga, os militares conseguiram alcançar o carro, onde estavam a companheira e um bebê de um mês, filho do casal.

Os policiais não encontraram itens ilícitos com o rapaz durante as buscas, mas teriam notado o odor de maconha no carro. Ao voltar no ponto onde o homem teria dispensado o invólucro e constataram que se tratava de uma barra prensada de substância análoga a maconha. Também foi apreendido R$ 129. O rapaz foi preso e o material apreendido foi encaminhado à delegacia policial de Juiz de Fora.

Tópicos: polícia

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia