Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Acesso Norte segue fechado e ainda sem previsão de reabertura

Rua Monsenhor Gustavo Freire e Deusdedit Salgado também apresentam problemas


Por Tribuna

13/01/2022 às 20h36

Com as chuvas registradas entre a noite de quarta-feira e a manhã desta quinta (13), o Acesso Norte voltou a ser interditado pela Secretaria de Mobilidade Urbana (SMU). Os pontos de alagamentos impediram a passagem segura de veículos no local e, quando a água abaixou, apenas o trânsito de moradores da região foi liberado pela secretaria. Ao fim do dia, a pasta confirmou que a interdição será mantida, a reabertura depende das condições meteorológicas.

Além da limpeza da via, realizada pela equipe do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb), uma operação de tapa-buracos é feita para garantir a segurança dos condutores.

O conteúdo continua após o anúncio

Outros pontos

Outro local que tem problemas no trânsito relacionado às chuvas é a Rua Monsenhor Gustavo Freire, no Bairro Dom Bosco, Cidade Alta. A via foi fechada ainda na segunda-feira (10) por conta de um deslizamento de terra. A expectativa da Prefeitura era que o material fosse retirado nesta quinta, após a estabilização do barranco. Entretanto, agora, a situação depende também de que o tempo fique firme por certo período. Desse modo, a interdição neste ponto permanece. Um terceiro local teve sua interdição confirmada na tarde desta quinta-feira (13).

O trecho da Avenida Deusdedit Salgado próximo ao número 3.963, no Bairro Salvaterra, entre uma casa noturna e um hospital, teve o trânsito interditado na pista sentido BR040/Cascatinha. Nesse ponto, a interrupção do tráfego foi executada por conta de um escorregamento de talude, que aumentou o risco de desmoronamento. Na via, a faixa contrária vai operar em mão dupla e já foi sinalizada pelos agentes de transporte e trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (SMU).

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia