Tópicos em alta: polícia / chuva

Banco de Alimentos terá projeto em um mês

A Prefeitura fechou parceria com a Central de Abastecimento de Minas Gerais (CeasaMinas), para que o espaço, situado na BR-040, abrigue o Banco de Alimentos de Juiz de Fora. A Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico já trabalha na produção de um projeto para a unidade, que ocupará uma área de até 1.500 metros quadrados. […]

Por Tribuna

09/07/2011 às 07h00

A Prefeitura fechou parceria com a Central de Abastecimento de Minas Gerais (CeasaMinas), para que o espaço, situado na BR-040, abrigue o Banco de Alimentos de Juiz de Fora. A Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico já trabalha na produção de um projeto para a unidade, que ocupará uma área de até 1.500 metros quadrados. O chefe da pasta, André Zuchi, explicou que a proposta deve ficar pronta em até um mês, quando será apresentada à direção estadual da Ceasa para a formalização das transações. Em seguida, a proposta será levada ao Ministério do Desenvolvimento Social, para que seja liberada a verba de cerca de R$ 500 mil, destinada a construção e ao aparelhamento do local. A expectativa é que cerca de 60 toneladas de alimentos com prazo de validade próximo do fim ou sem condições de comercialização sejam recolhidos por mês, por meio do banco de alimentos. O montante deverá abastecer o Restaurante Popular e chegar a cerca de dez mil pessoas assistidas por instituições beneficentes.

O conteúdo continua após o anúncio

De acordo com o vereador Flávio Cheker (PT), integrante do Conselho Municipal de Segurança Alimentar (Comsea), é preciso que sejam iniciadas as discussões acerca do modelo de gestão a ser adotado no banco, assim como no Restaurante Popular. Segundo ele, o tópico deveria estar em um estágio avançado, embora nem tenha começado. "Há vários caminhos, e a gente tem que escolher qual o melhor à luz de nosso contexto", disse, citando que as alternativas vão desde a organização social a parcerias entre setores envolvidos.

 

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia