Tópicos em alta: polícia / chuva

40 crianças atendidas pelo Curumim são levadas a hospital após mal-estar

Onze pacientes permaneciam internados nesta segunda, sendo sete na Santa Casa e quatro no Hospital e Maternidade

Por Tribuna

06/11/2017 às 14h51- Atualizada 06/11/2017 às 20h39

Crianças e adolescentes foram encaminhados para a UPA de Santa Luzia, que fica a poucos metros do Curumim do bairro. (Foto: Marcelo Ribeiro)

 

Quarenta assistidos do Curumim do Bairro Santa Luzia, Zona Sul de Juiz de Fora, precisaram de atendimento médico na última sexta-feira (3). Ainda não se sabe o que causou o mal-estar, mas todas as pessoas afetadas foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Luzia, que funciona bem ao lado do Curumim, na Rua Ibitiguaia.

A Secretaria de Saúde informa que, desde os primeiros registros de vômitos, diarreia e febre em crianças do Curumim Santa Luzia, constatados em atendimentos na UPA Sul desde a última sexta-feira (3), realizou todos os procedimentos indicados para a rápida atenção aos pacientes. Das 40 crianças atendidas, 11 permanecem internadas, sendo sete na Santa Casa e quatro no Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus. As outras 29 passaram por consulta médica da UPA, foram medicadas e liberadas.

O conteúdo continua após o anúncio

“Técnicos da Vigilância Sanitária estiveram no curumim e verificaram que todos os alimentos estavam dentro do prazo de validade e acondicionados dentro das normas de higiene e condições sanitárias. Os profissionais também constataram a qualidade da água que abastece o local, que permanece dentro dos preceitos de normalidade conforme normas da Vigilância.” As crianças que foram atendidas na UPA, medicadas e liberadas, serão acompanhadas por uma equipe da Atenção Primária, que fará visitas domiciliares.

A Prefeitura de Juiz de Fora afirmou que acompanha de perto o caso e dá apoio às crianças e às famílias desde o início, por meio das secretarias de Desenvolvimento Social (SDS), em conjunto com a Amac. “A investigação só será concluída após o retorno do material coletado dos pacientes e de amostras separadas no curumim, que foram enviadas à Funed, em Belo Horizonte.”
O Curumim de Santa Luzia, que recebe crianças e adolescentes dos 5 aos 14 anos, funcionou normalmente nesta segunda-feira.

Curumins

Os curumins oferecem atividades sociais e de convivência em horário complementar ao período escolar. Nos espaços são desenvolvidas práticas de teatro, circo, artes, música, xadrez, atividades esportivas e acompanhamento escolar. As unidades oferecem duas refeições diárias por turno. O serviço é uma parceria da Amac com a Secretaria de Desenvolvimento Social de Juiz de Fora. O público alvo são crianças em situação de vulnerabilidade pessoal e ou social. Além de Santa Luzia, em Juiz de Fora há unidades nos bairros Santa Rita, Benfica, Vila Olavo Costa, São Benedito, São Pedro, Vila Esperança e Jóquei Clube.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia