Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Brasil tem mais de 2.484 mortes por Covid-19 confirmadas nesta quarta

Número mais elevado pode ser resultado de dados represados no feriadão


Por Agência Estado

09/06/2021 às 21h01

O Brasil registrou 2.484 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados do consórcio de veículos de imprensa desta quarta-feira (9). Com média de novos casos e óbitos em tendência de queda, mas ainda em patamar considerado elevado por especialistas, o país chegou a 479.791 perdas desde o início da crise sanitária.

A média semanal de vítimas, cálculo que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, ficou em 1.727, ou 2% menor quando comparado a 14 dias atrás. Já a média móvel de casos está em 58 239, o que representa recuo de 8% em relação há duas semanas.

Apesar da tendência observada nos dados, cientistas e médicos alertam que o momento da pandemia ainda é grave, com curvas muito altas de novos casos e mortes diárias, além de haver regiões do país com hospitais lotados. Para comparar, a média de óbitos é semelhante à registrada em março, quando o Brasil iniciou a fase mais aguda da crise.

O número de novas infecções notificadas foi de 86.854 no último dia, de acordo com o balanço. Ao todo, o Brasil já computa 17.125.357 diagnósticos de coronavírus.

O conteúdo continua após o anúncio

Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do Ministério da Saúde, 15.596.816 pessoas recuperadas da doença e outras 1.046.546 em acompanhamento.

Dados do Ministério da Saúde

Já segundo o Ministério da Saúde, o total de pessoas infectadas pelo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 17.122.877. De um dia para o outro, foram confirmados 85.748 novos diagnósticos positivos pelas secretarias de saúde.

Os números do Governo também somaram mais 2.723 óbitos nesta quarta, o maior número desde o dia 5 de maio, quando foram registradas 2.811 novas mortes. No total, o Ministério da Saúde soma 479.515 falecimentos.

O número de pessoas que foram infectadas mas se recuperaram desde o início da pandemia é de 15.596.816. Isso corresponde a 91,1% do total dos infectados pelo vírus.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia