Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

A guinada paulista da Dispetral

PUBLIEDITORIAL

Por Dispetral

18/05/2019 às 16h35

Os irmãos Tiago e Lucas Ferrugini estão cada vez mais otimistas com as oportunidades para a empresa, a partir da exploração de novos mercados, mas, principalmente, por um posicionamento estratégico sintonizado com o desejo dos clientes

Ela já não é mais a pequena empresa familiar de 22 anos atrás. Não por menos, acaba de iniciar a operação de uma filial na maior cidade da América Latina – São Paulo -, depois de colecionar cases de sucesso, desde 2011, com a mesma estratégia no mercado de Belo Horizonte. Algo, porém, a mantém cada vez mais ligada às raízes, justamente após modernizar a gestão, mergulhar de cabeça no universo do cliente e perceber que acolhimento, gentileza, conhecimento técnico e cuidado no pós-venda aliviam a dor de quem precisa comprar peças de reposição. Mais que isso. Representam um enorme diferencial competitivo frente à concorrência.

“Nossa empresa não vende produtos que trazem satisfação, como um celular de última geração, por exemplo. Nós vendemos solução de problemas. Quando um cliente nos procura, ele, em geral, está chateado ou ansioso, tendo prejuízo por estar com um equipamento parado”, observa o diretor Executivo da Dispetral, Tiago Ferrugini. É exatamente no conhecimento profundo e rotineiro sobre as emoções e o comportamento do público alvo que a empresa – que comercializa cerca de 41 mil itens, inclusive importados, para tratores, caminhões e equipamentos agrícolas -, busca inspiração para suas ações estratégicas.

Os relacionamentos são tão valiosas para a Dispetral que ela cede seu espaço físico para o treinamento de equipes de parceiros, como a Michelin

Da localização das lojas ao layout, da contratação de profissionais à adoção de novas tecnologias que facilitam a comunicação e a expressão da marca, tudo é voltado para sanar a dor do cliente. Por isso, o espaço físico acolhedor, naturalmente iluminado, o estacionamento, o cafezinho, o lounge, o ambiente administrativo e o estoque são a materialização do discurso antiestresse da empresa, válido igualmente para o público externo e o interno.

Tanto que é impossível não sentir na pele o que a Dispetral comunica ao entrar em um de seus endereços ou ainda acessar seus canais de venda. “Vamos implantar o mesmo conceito de atendimento em um dos mercados mais competitivos do país e com forte apelo de preço que é São Paulo. Mas se trabalharmos com essa qualidade no atendimento e na pontualidade assumida com o cliente, isso fará com que a gente cresça significativamente a exemplo do que ocorreu em Belo Horizonte”, aposta Tiago.

A investida paulista da Dispetral está relacionada a adição da linha verde ao portfólio de produtos voltada para a produção agrícola, que apresenta vertiginosa possibilidade de crescimento. “Além das cidades do interior paulista, nossa nova filial nos aproximará dos potenciais clientes do Triângulo Mineiro, Mato Grosso e Goiás, assim como outros de diferentes estados brasileiros, pelas facilidades logísticas e por estarmos mais perto de nossos fornecedores”.

Zona Norte, uma escolha estratégica

O crescimento sustentável da Dispetral pode ser medido pela sua expansão física ao longo dos anos. Da pequena loja de 80m² em Santa Terezinha, passando pelo endereço na Avenida Brasil com 280m², ao acolhedor galpão no Bairro Cerâmica de 3 mil m², muita coisa mudou, menos o desejo de expansão. Foi exatamente este pensamento estratégico que levou a empresa a escolher a Zona Norte, para seguir com seus objetivos.

Os diretores contam com a dedicação de colaboradores, como o gerente Administrativo, Vinícios Nolasco (segundo à direita), e o gerente do Departamento de Pessoal e Recursos Humanos, Marcelo Pereira (primeiro à esquerda)

“Precisávamos de um espaço maior, mais afastado do Centro por questões de logística, e que fosse em uma rua bem tranquila. Do início ao final da obra, levamos três anos. E hoje não temos qualquer arrependimento. Aliás a prática está provando que foi uma escolha muito boa. Não estamos longe da área central, mas facilitamos o acesso para os clientes do estado do Rio de Janeiro e de municípios da Zona da Mata que chegam até a Dispetral pela BR-040”, explica o diretor Operacional, Lucas Ferrugini.

“Parceiros nossos também vieram para a região e isso acaba constituindo um centro comercial”, acrescenta o diretor, que encontra na trajetória de crescimento da empresa motivação para seguir empreendendo ao lado do irmão, o diretor Executivo, Tiago Ferrugini. Para ambos, nada seria possível sem a dedicação e o entusiasmo de toda a equipe de cerca de 60 colaboradores. “É neles também que me inspiro”, finaliza Lucas.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Desenvolvido por Grupo Emedia