Programa concilia educação internacional e experiência de vida

PUBLIEDITORIAL

Aulas na Las Vegas Language Center e na IEB Immersion Language Center, vivência na realidade americana e contato com estudantes de todo mundo fazem da International Experience -oferecida pelo Instituto Vianna Júnior em parceria com o IEB -, oportunidade de crescimento para a vida.

Por Instituto Vianna Júnior

15/04/2018 às 07h00

Assim como aconteceu no ano passado, grupo de seis alunos do Ensino Médio se prepara para a experiência internacional em julho

Las Vegas. Foi na cidade mais iluminada do planeta que o estudante de Logística das Faculdades Integradas Vianna Júnior, Francisco Kildere Moura Barros viveu, em janeiro deste ano, uma experiência que, segundo ele, marcará sua vida para sempre, ao participar do Over 18Program, uma iniciativa da faculdade, em parceria com o Internacional Education Bureau (IEB), que concilia educação internacional e experiência de vida. “A viagem foi fantástica. O programa dá um start, um ânimo extra para compreender melhor não apenas o idioma, mas também a cultura americana”, observa o estudante que se forma no final deste ano. “Não dava vontade de voltar”, brinca.

Ao ser desafiado a usar todo o conhecimento da língua que possuinas atividades em sala de aula naLas Vegas Language Center, no trânsito, nas compras de supermercado para abastecer o apart hotel, nos programas culturais incluídos no pacote, Kildere experimentou, de fato, uma nova possibilidade de vida. “É impressionante como tudo funciona por lá”, diz. E é justamente este o objetivo do programa, explica o CEO do IEB, Mário Gomide.”Partimos do princípio que a experiencia internacional e o domínio do idioma inglês são peças fundamentais para o aluno compreender e se inserir no mundo cada vez mais globalizado”.

Com mais de 40 anos de atuação nos Estados Unidos, o IEB integra um grupo de empresas de base familiar que congrega, além da universidade em Las Vegas, sete escolas em São Paulo e a For Education, que oferece educação por meio da plataforma Google, a qual o Instituto Vianna Júnior também é parceiro. Este é, inclusive, um dos grandes diferenciais na avaliação do CEO.

“Essa parceria é entre educadores. Entre duas instituições tradicionais de educação. Por isso, esse programa, que chamamos de International Experience, transcende o domínio e a imersão no idioma inglês”, completa Mário, se referindo aos aspectos pedagógicos da iniciativa iniciada com o Vianna em 2016.”É um projeto que interfere até na programação mental do aluno ao retirá-lo do ambiente em que vive. Com essa experiência,ele vê que as possibilidades são muitas, que as mudanças podem ser muito mais fáceis do que imagina. E aí, começa a se abrir para o mundo”, acrescenta o CEO.

Oportunidade também para adolescentes

É para vivenciar a experiênciada educação internacional que seis alunos do Ensino Médio participarão, em julho, de outro programa de International Experience, fruto também de parceria, desta vez entre o Instituto Vianna Júnior e o IEB. O SchoolProgram é a oportunidade ideal para colocar em prática o protagonismo dos adolescentes, a partir dos 14 anos, e dos jovens. O aprimoramento do idioma é feito na IEB ImmersionLanguage Center e a programação conta com uma intensa agenda turística. Os alunos são monitorados por equipe especializada na qual se inclui um representante do Vianna.

Assim como ocorre na modalidade para universitários, no SchoolProgram os alunos aprendem mesmo antes de pegarem estrada. “Oferecemos treinamento para que entendam a parte estrutural, burocrática, relativa à documentação que precisam para viajar. Orientamos sobre o processo para passar por autoridades brasileiras, por autoridades estrangeiras e sobre os costumes do país”, explica Mário. Como conviverão em Las Vegas em um ambiente universitário, os estudantes do Ensino Médio poderão projetar como será suas vidas anos à frente, acredita o CEO.

Inglês é garantia de empregabilidade

Aluno do curso de Logística, o aluno Kildere Barros é só elogios ao programa que o levou a uma compreensão mais abrangente sobre a língua inglesa e sobre a cultura americana

“O inglês é fundamental na educação básica. Em grandes corporações brasileiras, não falo nem nas internacionais, o processo para contratação de estagiário é feito em inglês. Ou seja, o conhecimento do idioma não te dá emprego, ele tira, porque deixou de ser diferencial para ser uma obrigação.” É o que diz o CEO do Internacional Education Bureau (IEB), Mário Gomide, ao ser questionado sobre a importância de escolas e famílias estarem atentas a essa realidade.

“Para se ter uma carreira promissora é preciso saber inglês. O candidato ao estágio não terá oportunidade nem de mostrar seu talento, porque ele não passa no processo seletivo”, completa o CEO. A gestora de Projetos e Processos Acadêmicos do Instituto Vianna Júnior, Marcelle Tristão Larcher explica que,”por isso, nossas práticas de ensino ultrapassam a sala de aula e o material didático. Nosso objetivo é despertar nos alunos o aperfeiçoamento de novas habilidades e competências, fazendo com que estejam melhor preparados para a vida, para o mercado de trabalho, a partir de uma visão de mundo diferenciada”.

Segundo a diretora presidente do Instituto Vianna Júnior, Mariângela Soares Vianna, “como o inglês se transformou em língua universal e é nela que se realizam todos os contratos comerciais, tecnológicos, científicos e diplomáticos, o Vianna ampliou a carga horário do ensino do idioma. Além disso, pretende se transformar em escola bilíngue já no próximo ano, apresentando conteúdos curriculares e realizando atividades também na língua inglesa. O objetivo é ampliar ainda mais o novo olhar da instituição que prepara seus alunos para o mundo do futuro”.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Desenvolvido por Grupo Emedia