Tópicos em alta: CPI dos ônibus / polícia / fé na estrada / reforma da previdência / bolsonaro

Processamento de materiais e sustentabilidade nos serviços de saúde

PUBLIEDITORIAL

Por Gente de Conteúdo

12/08/2019 às 07h56- Atualizada 19/08/2019 às 10h07

O processamento é uma prática mundialmente utilizada que permite a reutilização de materiais médico-hospitalares de maneira segura tanto para o paciente quanto para a equipe médica e mesmo para a instituição de saúde. O trabalho influencia diretamente a qualidade do atendimento, sendo vital para o bom funcionamento dos hospitais e demais unidades de saúde, ao minimizar o risco de infecções causadas por fungos, bactérias ou vírus. Como prática sustentável, o processamento ainda reduz o emprego de recursos não renováveis na fabricação de novos materiais, contribuindo para a sustentabilidade do planeta, assim como para a viabilidade financeira das empresas.

Localizada em Maripá de Minas, a Oxetil FGF, durante seus 20 anos, já realizou mais de 20 milhões de processamentos de dispositivos médico-hospitalares, assegurando confiabilidade e proteção para o reuso. “A experiência vitoriosa comprovada em mais de 700 estabelecimentos de serviços de saúde, nos fortalece em continuar processando os produtos para saúde sempre com o máximo de segurança e de qualidade”, explica o diretor comercial, Fábio Campos.

Parte integrante da cadeia do processamento, que ainda inclui transporte,manuseio e rastreamento, a esterilização de materiais médico-hospitalares na Oxetil FGF é feita com o gás óxido de etileno, método considerado o mais seguro e de maior eficiência a baixas temperaturas. “A probabilidade de um microrganismo submetido ao processo de esterilização sobreviver é menor que uma em um milhão”, observa o diretor.“A remoção dos biofilmes, como células, microrganismos e polissacarídeos extracelulares é o principal alvo do processamento”, acrescenta.

Entre os diferenciais na prestação de serviço, a empresa também destaca a rastreabilidade individual continuada com etiqueta 2D (código bidimensional) que possibilita a verificação de dados, inclusive de todo o histórico do material via web. “Com esse sistema, é possível buscar informações de número do prontuário do paciente que esteve em contato com o material, os processamentos realizados e permitidos, o controle dos materiais disponíveis para utilização, além de relatórios com dados do produto, prontuário, descarte e laudos disponíveis do processamento. A rastreabilidade também garante que o material está apto para uso. Temos ainda um chat, para auxiliar em dúvidas e necessidades”, finaliza o diretor.

Soluções

  • Processamento
  • Esterilização por óxido de etileno
  • Esterilização industrial

Diferenciais

  • Processamento seguro e moderno
  • Sistema de rastreabilidade individual via web
  • Logística eficiente com transporte próprio
  • Programa de excelência operacional

 

Oxetil FGF

Rodovia BR-267, Km 45 – Maripá de Minas (MG)

(32) 3263-1319

Leia na íntegra o segundo número da revista “Vida + Saúde” clicando aqui.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Desenvolvido por Grupo Emedia