Tópicos em alta: tiroteio entre polícias / polícia / enem 2018

Sustentabilidade também se faz com muitos nomes

PUBLIEDITORIAL

Predial Godinho inicia projeto de recomposição de mata atlântica nocondomínio Portal Belmiro Braga com plantio de cerca de mil mudas de
árvores frutíferas e nativas. Primeira fase da ação envolveu alunos de escolapública, clientes, parceiros e autoridades.

Por Tribuna

04/11/2018 às 07h00

O que já era a expressão do paraíso ganhou charme extra com a chegada de Anas, Evelins, Marias, Júlios, Davis, dentre muitas outras devidamente
plantadas em área de 20 mil metros quadrados de recomposição de mata atlântica. Foi assim, em clima de celebração ao que é próprio da natureza, que crianças da comunidade e futuros moradores do condomínio Portal Belmiro Braga, a meia hora de Juiz de Fora, emprestaram seus nomes a cerca de 300 mudas de árvores frutíferas e nativas que agora crescem no empreendimento, sucesso absoluto em vendas. O plantio simbolizou a perfeita integração dos aspectos que envolvem a palavra sustentabilidade: pessoas, processos e planeta em verdadeira harmonia. E a proposta não para por aí. Outras 700 árvores irão compor a área doada pela Predial Godinho à Prefeitura de Belmiro Braga até o final do projeto.

A iniciativa agitou crianças e adultos. Entre os primeiros da fila estavam Davi Conceição Ribeiro e Evelin Eduarda de Assis Severino, alunos da Escola
Municipal Wolff Klabin. “É muito importante ajudar o país, cuidando da natureza”, afirmou o menino com a sabedoria de seus nove anos, sendo seguido pela coleguinha. “As árvores dão fruta pra gente”, disse Evelin que irá acompanhar o crescimento da planta que leva seu nome, como previsto no projeto desenvolvido em parceria com diversas secretarias do município. “Esse acompanhamento será importante para o crescente despertar da consciência ambiental”, observou o secretário de Assistência Social, Alessandro de Almeida Janeiro. Segundo ele, a iniciativa da Predial Godinho na cessão das mudas e no estímulo ao plantio reforça a preocupação da empresa com a preservação de uma das mais belas paisagens da cidade.

“Quando as pessoas participam diretamente das ações se sentem mais comprometidas com o que está sendo realizado”, explica o gerente comercial da
Predial, Júnior Tortorielli, entusiasmado com o retorno recebido de clientes e de moradores de Belmiro Braga, como o secretário de Esportes e Educação, Júlio César de Almeida Narciso, que se encaixa nas duas categorias. “Nascido e criado” na cidade de onde não pretende sair, ele explica que o condomínio Portal Belmiro Braga foi o melhor investimento que o município poderia receber, tanto para impedir que pessoas migrem para Juiz de Fora, quanto para alavancar o desenvolvimento local. “Com o início das construções, muitas oportunidades serão geradas, inclusive, para o comércio de materiais, restaurantes, padarias e na geração de empregos”, observou o secretário que comprou dois terrenos. Um para construir sua casa e outro como investimento. Desde que foi lançado no final do ano passado, o empreendimento já valorizou bastante, acrescentou Júlio que ainda não se
decidiu sobre qual irá vender: se o de vista paradisíaca para o nascer do sol ou o outro com visão privilegiada para o pôr do sol.

Segunda fase terá terrenos comerciais

Até meados de dezembro, a Predial Godinho deverá fazer o lançamento da segunda fase do Portal Belmiro Braga que, além de outras 60 unidades
residenciais, terá também 30 unidades comerciais na parte externa do condomínio. “Nosso objetivo é ampliar a parceria com a Prefeitura e atrair
empreendimentos, como hotel fazenda, pousadas e restaurantes, a fim de contribuir com o desenvolvimento local”, explica o sócio da construtora, Júlio Feitoza, ciente do apoio constante do prefeito Afonso Henrique Ferreira.

“Em menos de quatro meses liberamos o loteamento, respeitando todas as normas e as questões relacionadas ao meio ambiente. Belmiro Braga só tem a ganhar com a geração de empregos e o recolhimento do IPTU que já começa em 2019. Tudo isso vai ajudar o município a se desenvolver com qualidade. É gente nova chegando e vamos receber todos com braços abertos”, afirmou o prefeito, ao destacar a crescente integração entre Juiz de Fora e Belmiro Braga com tudo o que há de melhor nos dois municípios.

l-27 Foto-Belmiro-7
<
>

Foi justamente graças à proximidade e ao acesso fácil ao condomínio que o casal Marcilene e Marcius Itaborahy, moradores do Bairro São Mateus, decidiu fazer, meses atrás, um passeio para conhecer de perto o empreendimento. “Não tínhamos intenção de comprar, mas chegamos aqui e nos encantamos. Queríamos mesmo um refúgio para construir nossa casa agora que a idade está chegando e nossas filhas estão crescidas. Um lugar cheio de árvores, sem o barulho de carros. A tranquilidade e a beleza daqui nos capturaram à primeira vista. O acesso nos conquistou antes de chegarmos a essa maravilha da natureza”, disse entusiasmada a futura moradora, ao lado das filhas Maria Clara, 20 anos, e Mariana, 11. As duas, inclusive, plantaram mudas na área de recomposição. “A gente já vive em um mundo tão poluído, então quanto mais verde melhor”, ponderou a jovem universitária ao comentar sobre a sensação de prestígio com o plantio. “Me sinto importante por ter aqui uma árvore com meu nome”.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Desenvolvido por Grupo Emedia