Será intensa a disputa por uma vaga na Assembleia

Por Paulo Cesar Magella (com Renato Salles)

30/12/2017 às 07h00 - Atualizada 29/12/2017 às 19h07

Páreo estadual

A disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa em 2018 deverá ser mais intensa do que em 2014, quando Juiz de Fora elegeu quatro deputados – Isauro Calais, Noraldino Júnior, Antônio Jorge Marques e Missionário Márcio Santiago. A razão é pura lógica de mercado: haverá mais postulantes. Contando os atuais que disputam entre si, vários vereadores não escondem a pretensão de subir de patamar político e estão trabalhando para isso. Pelo menos quatro nomes têm se mostrado dispostos a ir à luta. Alguns deles, como a vereadora Sheila Oliveira, a mais votada na história do Legislativo Municipal, atuam em duas frentes. Se eleita, e pelo potencial de votos que capitalizou em 2016, é forte postulante à Prefeitura de Juiz de Fora no pleito de 2020. Mas aí, a história, por enquanto, é outra.

Na mesma fila

Os outros vereadores, além de Sheila, que pretendem ir para a disputa estadual são Roberto Cupolillo (Betão); Adriano Miranda e Aparecido (Cido) Reis. Para federal, além de Rodrigo Mattos, o vereador Charlles Evangelista também tem dito aos pares que pode disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. Dessa forma, há a possibilidade de mudança substancial também na composição do Legislativo local com a eventual convocação dos suplentes.

Sessões e férias

Por falar em vereadores, eles retomam as reuniões ordinárias já na terça-feira, dia 2, tendo na agenda temas relevantes. A antecipação do período – rotina que acontece há várias legislaturas – serve para garantir um recesso de um mês, entre os dias 16 de janeiro e 15 de fevereiro, incluindo o carnaval. Embora não haja pedidos registrados, ainda, as audiências públicas devem ocorrer neste mesmo período. No Executivo, embora não haja ainda confirmação, o prefeito Bruno Siqueira deve tirar dez dias de férias, período em que seria substituído pelo seu vice, Antônio Almas.

O conteúdo continua após o anúncio

Entidades sociais

Duas emendas parlamentares de deputados do PT devem resultar no aporte de R$ 230 mil, em recursos estaduais, para entidades sociais de Juiz de Fora, conforme informações de fontes ligadas à legenda. De maior valor nominal, um adendo orçamentário assinado pelo deputado estadual Patrus Ananias e já empenhado vai destinar a quantia de R$ 200 mil a ser repartida entre 11 entidades sociais de atuação no município: Abrigo Santa Helena, Grupo Casa, Gedae, Assistência Social Nossa Senhora da Glória, Instituto Profissional Dom Orione, Congregação de Santa Catarina, Associação Metodista de Ação Social, Amac, Associação de Proteção a Guarda Mirim, Grupo Semente e Sopa dos Pobres. A outra é de autoria de André Quintão e encaminha R$ 30 mil para a Associação Lixo Certo.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia