Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Direito Humanos dá posse a Comitê Municipal de Respeito à Diversidade Religiosa em JF

Por Paulo Cesar Magella

19/07/2021 às 18h21 - Atualizada 19/07/2021 às 18h23

A Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF, em cerimônia virtual, dá posse aos 22 membros titulares, representantes da sociedade civil e do governo, eleitos para compor o Comitê Municipal de Respeito à Diversidade Religiosa, biênio 2021-2023. O evento será realizado nesta terça-feira, às 17h, por meio da plataforma Google Meet, e conduzido pelo secretário de Direitos Humanos, Biel Rocha. A representação governamental será formada por indicados pelos titulares das Secretarias Especial de Direitos Humanos; de Governo; de Segurança Urbana e Cidadania; de Saúde; de Educação; de Assistência Social; e da Funalfa. Pela sociedade civil serão empossados como titulares: Ana Maria Stefan, Edson Fernando de Almeida, Geraldo Magela de Oliveira, Janaina Guimarães Carvalho dos Santos, Júlio Eduardo dos Santos Ribeiro Reis Simões, Marcelo Ayres Camurça Lima, Maria Enoia de Souza Correa, Pierre Portes dos Santos, Rita de Cássia Souza Félix Batista, Samuel Trindade e Washington Francisco Londres. O Comitê tem como meta garantir a pluralidade e a liberdade de manifestação ou não de fé, bem como o reconhecimento e o respeito à diversidade religiosa, o enfrentamento da intolerância e a defesa do direito ao livre exercício das diversas práticas religiosas no município.

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia