Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Sem candidatura própria, MDB está mais próximo de Zema

Por Paulo Cesar Magella

16/05/2022 às 21h00 - Atualizada 16/05/2022 às 16h32

O projeto de candidatura própria do MDB ao Governo de Minas está cada vez mais distante. Depois do desembarque do senador  Carlos Viana, que se filiou com esse propósito, mas migrou para o PL para garantir  palanque para o presidente Jair Bolsonaro em Minas, as articulações não avançaram. Vice-presidente estadual do partido e, há cerca de quatro meses, assessor institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, liderada pela juiz-forana Beth Jucá, o ex-vereador José Sóter Figueirôa acredita que a definição só vai ocorrer na convenção de julho, mas admitiu que parte do partido já está se movimentando na direção do governador Romeu Zema. “Creio que serão muitas as dificuldades para apoiar outra candidatura. Lançar candidato próprio, a essa altura do campeonato, é uma possibilidade remotíssima”, enfatizou.

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia