Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

MDB dá carta branca para Newton Cardoso articular apoio a candidatos

Por Paulo Cesar Magella

15/06/2022 às 19h00 - Atualizada 15/06/2022 às 17h09

O deputado Newton Cardoso Júnior recebeu carta branca da Executiva do MDB para articular, intensificar e liderar as articulações políticas com os diferentes atores, para construir uma proposta que atenda aos interesses de Minas. Ela passa, necessariamente, por alianças voltadas para as eleições de outubro. O partido está sendo cobrado a dar reciprocidade aos tucanos na disputa estadual em razão de o PSDB nacional ter formalizado apoio à senadora emedebista Simone Tebet na disputa presidencial.

O conteúdo continua após o anúncio

E aí surge um problema. A bancada tucana de Minas Gerais, liderada pelo deputado Aécio Neves e pelo presidente do diretório estadual, deputado Paulo Abi-Ackel, foi contra o acordo com o MDB e defendeu a candidatura própria, mesmo considerando a senadora um excelente quadro político. O que se diz em Belo Horizonte é que a reciprocidade em Minas, em torno da candidatura do ex-deputado Marcus Pestana, entrou na pauta fora de hora, já nos acréscimos do segundo tempo. A cúpula do MDB leva em conta as linhas de pensamento que convergem com os tucanos em determinada s pautas, mas ainda não bateu o martelo.

O apoio candidato Marcus Pestana ainda está em discussão, mas, de acordo com fontes da capital, ele se desenvolve com um viés de dificuldade bastante acentuado. O político juiz-forano já conversou com Newton Cardoso em pelo menos duas ocasiões nos últimos quinze dias, mas foram encontros inconclusivos, embora ele tenha apresentado as suas pretensões.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia