Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Noraldino vai pedir audiência pública para tratar de vazamento de rejeitos

Por Paulo Cesar Magella

15/01/2022 às 10h00 - Atualizada 14/01/2022 às 14h41

Embora a Assembleia Legislativa ainda esteja em recesso, o deputado Noraldino Júnior (PSC) vai protocolar, já nesta segunda-feira, um pedido de audiência pública para tratar do vazamento de rejeitos da mineradora Vallourec, em Nova Lima, que resultou na interdição da BR-040 na última segunda-feira. “Será uma oportunidade para a empresa também se explicar, já que o problema foi de extrema gravidade”, destacou. O parlamentar juiz-forano sobrevoou a região e ficou preocupado com o que viu. Além disso, recebeu denúncias de exploração irregular que ele pretende encaminhar à Secretaria de Meio Ambiente, à Polícia Federal e ao Ministério Público, tanto estadual quanto federal. O deputado disse que foram feitas comparações de imagens, que também farão parte da documentação.

O conteúdo continua após o anúncio

Relatórios de mineradoras já estão em avaliação

A secretária estadual de Meio Ambiente, Marília Mello, em entrevista à Rádio Transamérica Juiz de Fora, disse que ainda não há conclusão sobre a situação completa das barragens em Minas, uma vez que os relatórios de 31 unidades – já entregues – ainda estão em fase de avaliação. Enfatizou, porém, que o Governo está monitorando os reservatórios, a maioria deles no entorno de Belo Horizonte. Nenhuma barragem na região de Juiz de Fora foi cobrada a mandar relatório semelhante.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia