Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Recuperação Fiscal do Estado volta em regime de urgência na Assembleia

Por Paulo Cesar Magella

11/05/2022 às 17h00 - Atualizada 11/05/2022 às 16h01

O governo de Minas retomou a discussão do Regime de Recuperação Fiscal, ao propor, de novo, à Assembleia, a sua discussão em regime de urgência. O projeto, que continua encontrando forte dificuldades entre os deputados, autoriza o Executivo a solicitar adesão ao RRF proposto pela União, por meio de um Plano de Recuperação, no qual serão especificadas medidas e ajustes, impactos e prazos para sua implementação. O governador Romeu Zema argumenta que a medida é a única saída para corrigir os desequilíbrios das contas públicas. A oposição teme as contrapropostas do Governo, que podem, inclusive, exigir a privatização da Cemig e da Copasa.

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia