Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Por troca de partido, Ministério Público pede o mandato do vereador Julinho Rossignoli

Por Paulo Cesar Magella

06/05/2022 às 16h55 - Atualizada 06/05/2022 às 16h55

O Ministério Público Eleitoral, por intermédio da Procuradoria Regional Eleitoral, a despeito de não haver iniciativa de terceiros, está patrocinando uma ação de perda de mandato eletivo do vereador Julinho Rossignoli, hoje filiado ao PP. O motivo é o mesmo que envolve o também vereador Cido Oliveira: troca de partido na janela eleitoral, em tese, vedada a vereadores. Julinho foi eleito pelo Patriota e migrou para o PP, com vistas a disputar uma vaga na Assembleia Legislativa, a mesma pretensão, aliás, de seu colega de legenda Marlon Siqueira. O vereador terá amplo direito de defesa no processo.

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia