Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Delgado se mantém contra federação com o PT: “não dá remendo”

Por Paulo Cesar Magella

06/01/2022 às 22h00 - Atualizada 06/01/2022 às 17h33

O deputado Júlio Delgado (PSB) não arreda o pé de seu projeto de resistência a uma federação de seu partido com o PT. A própria direção nacional, que se entusiasmou com a ideia, tem avaliado a questão com reservas, principalmente após entrar na pauta de discussão as candidaturas estaduais. O PSB tem estados-chave e o PT, em vários deles, como São Paulo, não abre mão da cabeça de chapa. Para Delgado, há retrocesso nas articulações. “Saímos para o Natal e recesso com tudo encaminhado na bancada e direções estaduais; em 15 dias tudo mudou. A prepotência e sapato alto do PT acha que nós é que precisamos deles. Cabe lembrar que até agora eles não têm apoio de ninguém, mas acham que estão nos fazendo favor. Eu que já tinha votado contra federação, acho uma coligação camuflada, não creio que o PSB queira, com nosso tamanho, restabelecer o cordão umbilical que foi cortado do PT há 10 anos . Não dá remendo.”

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia